Morane-Saulnier Tipo AF (MoS 28)

Morane-Saulnier Tipo AF (MoS 28)


We are searching data for your request:

Forums and discussions:
Manuals and reference books:
Data from registers:
Wait the end of the search in all databases.
Upon completion, a link will appear to access the found materials.

Morane-Saulnier Tipo AF (MoS 28)

O Morane-Saulnier Type AF era um caça biplano de assento único desenvolvido em 1917, mas que não entrou em produção em grande escala.

Durante 1916, Morane-Saulnier tentou e falhou em produzir uma conversão para um único assento de sua aeronave de reconhecimento de asa de guarda-sol de dois lugares do Tipo P. Durante 1917, a empresa produziu dois novos caças de assento único - a asa de guarda-sol Tipo AI, que entrou brevemente em serviço no início de 1918, e o biplano Tipo AF.

Ambas as novas aeronaves foram equipadas com o motor rotativo Gnome Monosoupape de 150 CV. Isso estava contido em uma carenagem bem contornada, substituindo os grandes spinners usados ​​nas aeronaves Morane-Saulnier anteriores. Como o Tipo AI, o AF tinha uma fuselagem com seção transversal circular, construída em torno de uma estrutura de madeira em vez de um monocoque. O Tipo AF era quase sessenta centímetros mais curto que o AI.

O Tipo AF foi o primeiro biplano de Morane-Saulnier. Era um biplano de asa escalonada, com a asa inferior um pouco menor montada atrás da asa superior. Ambos carregavam ailerons.

O Type AF (designação oficial MoS 28.C1) fez seu vôo inaugural em 23 de junho de 1917 e passou por testes oficiais no final do verão. Ele tinha uma velocidade máxima de 129 mph e excelentes características de manuseio, mas não era significativamente melhor do que o SPAD S.XIII existente e era superado pelo Type AI. Como resultado, ele não foi encomendado para produção, embora no final do ano uma versão naval, o Type AFH, tenha sido desenvolvida e testada.

Motor: Gnome Monosoupape N
Potência: 150hp
Tripulação: 1
Envergadura da asa: 24 pés 6 pol.
Comprimento: 16 pés 10 3/4 pol.
Altura: 7 pés 8 1/2 pol.
Peso vazio: 928 lb
Peso carregado: 1.431 lb
Velocidade máxima: 129 mph a 3.280 pés
Armamento: Uma metralhadora Vickers de 7,7 mm


O guia completo para a lista de exposição ao ruído do Duty MOS

Olá, veteranos, nesta postagem do blog, eu detalhei a lista de exposição ao ruído do MOS de dever por ramo de serviço, oficial versus alistado, cargo e a probabilidade de exposição ao ruído para ajudá-lo com sua reivindicação de deficiência VA.

Se você estiver planejando registrar uma reclamação VA para Zumbido ou Perda de audição, Recomendo enfaticamente fazer referência a isso em sua Declaração de Apoio a uma Reivindicação de Zumbido ou Declaração de Apoio a uma Reivindicação de Perda Auditiva, para que o avaliador VA conheça seu campo de carreira militar.

Você também precisa considerar a obtenção de pelo menos um Carta de amigo para ajudá-lo a provar o incidente que causou seu zumbido ou perda auditiva, especialmente na ausência de evidências médicas.

Se a tabela listar seu nível de exposição ao ruído do dever MOS como & # 8220Moderado & # 8221 ou & # 8220baixo & # 8221, você deve explicar como o serviço militar causou ou piorou seu zumbido ou perda auditiva em suas próprias palavras.

Por exemplo, você poderia dizer algo como & # 8220; embora meu MOS de serviço tenha uma probabilidade baixa de exposição ao ruído, ele não leva em consideração meus vários destacamentos de combate para o Iraque e o Afeganistão, pelo que tive que me qualificar no M4 e M16 em campos de tiro durante o treinamento e fui exposto a ruídos altos de Helo, linhas de voo barulhentas e ataques de fogo indireto. & # 8221

Compartilhe esta lista de exposição ao ruído do MOS com outros veteranos!

Lista de exposição ao ruído de dever de oficial do exército
MOSCARGOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
11BINFANTRYMANX
11CINFANTARIO DE INCÊNDIO INDIRETOX
11ZSARGENTO DE INFANTARIA SÊNIORX
12BENGENHEIRO DE COMBATEX
12CBRIDGE CREWMEMBER X
12DMERGULHADOR X
12GESPECIALISTA EM QUARRYING (RC) X
12HSUPERVISOR DE ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃOX
12KENCANADOR X
12 milhõesBOMBEIROX
12NENGENHEIRO DE CONSTRUÇÃO HORIZONTALX
12PESPECIALISTA EM PRODUÇÃO DE ENERGIA PRIMEX
12QESPECIALISTA EM DISTRIBUIÇÃO DE LINHA DE ENERGIA (RC)X
12RELETRICISTA INTERIOR X
12TENGENHEIRO TÉCNICO X
12VOPERADOR DE EQUIPAMENTO DE BETÃO E ASFALTOX
12WESPECIALISTA EM CARPINTARIA E ALVENARIAX
12XSUPERVISOR DE ENGENHARIA GERAL X
12 anosENGENHEIRO GEOESPACIAL X
12ZSARGENTO SÊNIOR DE ENGENHARIA DE COMBATEX
13BCANNON CREWMEMBERX
13CESPECIALISTA EM SISTEMAS TÁTICOS DE CONTROLE DE INCÊNDIO AUTOMATIZADOSX
13DESPECIALISTA EM SISTEMAS DE DADOS TÁTICOS AUTOMATIZADOS EM ARTILHARIA DE CAMPOX
13EESPECIALISTA EM DIREÇÃO DE FOGO DE CANHÃOX
13FESPECIALISTA EM SUPORTE DE INCÊNDIOX
13MSISTEMA DE ROCKET DE LANÇAMENTO MÚLTIPLO (MLRS) / ROCKET DE ARTILHARIA DE ALTA MOBILIDADE
SISTEMA (HIMARS) TRIPULAÇÃO
X
13PESPECIALISTA OPERACIONAL EM DIREÇÃO DE INCÊNDIO DE MÚLTIPLOS LANÇAMENTOS (MLRS)X
13ROPERADOR DE RADAR FIREFINDER DE ARTILHARIA DE CAMPOX
13SPESQUISADOR DE ARTILHARIAS DE CAMPO (conversão para 13T 01/10/10) X
13TPESQUISADOR DE ARTILHARIA DE CAMPO / TRIPULAÇÃO METEOROLÓGICA X
13WTRIPULAÇÃO METEOROLÓGICA DA ARTILHARIA DE CAMPO (conversão para 13T 01/10/10) X
13ZARTILHARIA DE CAMPO SARGENTO SÊNIORX
14EPATRIOT FIRE CONTROL ENHANCED OPERATOR / MANTAINERX
14JCOMANDO, CONTROLE, COMUNICAÇÕES, COMPUTADORES E INTELIGÊNCIA DE DEFESA AÉREA
CENTRO DE OPERAÇÕES TÁTICAS OPERADOR / MANTIDOR APRIMORADO
X
14MTRIPULAÇÃO DO SISTEMA DE DEFESA AÉREA PORTÁTIL MAN (RC)X
14STRIPULAÇÃO DE DEFESA AÉREA E MÍSSEIS (AMD)X
14TESTAÇÃO DE LANÇAMENTO DO PATRIOTA MELHORADA OPERADOR / MANUTENÇÃOX
14ZARTILHARIA DE DEFESA AÉREA SARGENTO SÊNIORX
15BREPARADOR DE MOTORES DE AERONAVESX
15DREPARADOR DE AERONAVESX
15FELETRICISTA DE AERONAVESX
15GREPARADOR ESTRUTURAL DE AERONAVESX
15hREPARADOR DE AERONAVES PNEUDRÁULICAX
15JOH-58D / ARH ARMAMENT / ELECTRICAL / AVIONICS SYSTEMS REPARERX
15KSUPERVISOR DE REPARO DE COMPONENTES DE AERONAVESX
15MREPARADOR DE HELICÓPTERO UH-1 (RC)X
15NAVIÓNICA MECÂNICAX
15PESPECIALISTA EM OPERAÇÕES DE AVIAÇÃOX
15QOPERADOR DE CONTROLE DE TRÁFEGO AÉREOX
15RREPARADOR DE HELICÓPTERO DE ATAQUE AH-64X
15SREPARADOR DE HELICÓPTERO OH-58D / ARHX
15TREPARADOR DE HELICÓPTERO UH-60X
15UREPARADOR DE HELICÓPTERO CH-47X
15VOBSERVAÇÃO / REPARADOR DE HELICÓPTERO DA ESCADA (RC)X
15WOPERADOR DE VEÍCULO AÉREO NÃO EQUIPADO X
15XREPARADOR DE SISTEMAS DE ARMAMENTO / ELÉTRICO / AVIÔNICOS AH-64AX
15 anosREPARADOR DE SISTEMAS DE ARMAMENTO / ELÉTRICO / AVIÔNICOS AH-64DX
15ZSARGENTO SÊNIOR DE MANUTENÇÃO DE AERONAVESX
18BSARGENTO DE ARMAS DE FORÇAS ESPECIAISX
18CSARGENTO ENGENHEIRO DE FORÇAS ESPECIAISX
18DSARGENTO MÉDICO DE FORÇAS ESPECIAISX
18ESARGENTO DE COMUNICAÇÕES DE FORÇAS ESPECIAISX
18FOPERAÇÕES DE ASSISTENTE DE FORÇAS ESPECIAIS E SARGENTO DE INTELIGÊNCIAX
18ZSARGENTO SÊNIOR DE FORÇAS ESPECIAISX
19DCAVALRY SCOUTX
19KM1 ARMOR CREWMANX
19ZARMOR SENIOR SARGENTOX
21BENGENHEIRO DE COMBATE (conversão para 12B 01/10/10)X
21CBRIDGE CREWMEMBER (conversão para 12C 01/10/10)X
21DMERGULHADOR (conversão para 12D 01/10/10) X
21EOPERADOR DE EQUIPAMENTO DE CONSTRUÇÃO (conversão para 12N 01/10/10)X
21GESPECIALISTA EM QUARRYING (RC) (conversão para 12G 01/10/10)X
21HSUPERVISOR DE ENGENHARIA DA CONSTRUÇÃO (conversão para 12H 01/10/10)X
21KPLUMBER (conversão para 12K 01/10/10) X
21MFIREFIGHTER (conversão para 12M 1 de outubro de 10)X
21NENGENHEIRO DE CONSTRUÇÃO HORIZONTAL (conversão para 12N 01/10/10)X
21PESPECIALISTA EM PRODUÇÃO DE ENERGIA PRIME (conversão para 12P 01/10/10)X
21QESPECIALISTA EM DISTRIBUIÇÃO DE LINHA DE ENERGIA (RC) (conversão para 12T 01/10/10)X
21RELETRICISTA INTERIOR (conversão para 12R 1 de outubro de 10) X
21TENGENHEIRO TÉCNICO (conversão para 12T 01/10/10) X
21VOPERADOR DE EQUIPAMENTO DE CONCRETO E ASFALTO (conversão para 12V 01/10/10)X
21WESPECIALISTA EM CARPINTARIA E ALVENARIA (conversão para 12W 01/10/10)X
21XSUPERVISOR GERAL DE ENGENHARIA (conversão para 12X 01/10/10) X
21 anosENGENHEIRO GEOESPACIAL (conversão para 12Y 01/10/10) X
21ZSARGENTO SÊNIOR DE ENGENHARIA DE COMBATE (conversão para 12Z 01/10/10)X
25BESPECIALISTA EM TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO X
25CRÁDIO OPERADOR-MANUTENÇÃO X
25EGERENTE DE ESPECTRO ELETROMAGNÉTICO X
25FOPERADOR-MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE COMUTAÇÃO DE REDE X
25LINSTALADOR-MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE CABOS X
25MILUSTRADOR MULTIMÍDIA X
25NOPERADOR-MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE REDE NODAL X
25POPERADOR-MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE MICROONDAS X
25QOPERADOR-MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE TRANSMISSÃO MULTICANAL X
25ROPERADOR-MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTO DE INFORMAÇÃO VISUAL X
25SOPERADOR-MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE COMUNICAÇÃO POR SATÉLITE X
25TCHEFE DE SISTEMAS DE SATÉLITE / MICROONDAS X
25UESPECIALISTA EM SISTEMAS DE SUPORTE DE SINAL X
25VESPECIALISTA EM DOCUMENTAÇÃO / PRODUÇÃO DE COMBATE X
25WCHEFE DE OPERAÇÕES DE TELECOMUNICAÇÕES X
25XSARGENTO DE SINAL SÊNIOR X
25ZCHEFE DE OPERAÇÕES DE INFORMAÇÕES VISUAIS X
27DESPECIALISTA PARALEGAL X
29EESPECIALISTA EM GUERRA ELETRÔNICA X
31BPOLÍCIA MILITAR X
31DAGENTE ESPECIAL CID X
31EESPECIALISTA EM ENTREGA / REAJUSTE X
35FANALISTA DE INTELIGÊNCIA X
35GANALISTA DE IMAGENS X
35HANALISTA DA ESTAÇÃO DE TERRA COMUM (CGS) X
35LAGENTE CONTRA INTELIGÊNCIA X
35MCOLETOR DE INTELIGÊNCIA HUMANA X
35NANALISTA DE INTELIGÊNCIA DE SINAIS X
35PLINGUISTA CRIPTOLÓGICO X
35SCOLETOR / ANALISTA DE SINAIS X
35TMANUTENÇÃO / INTEGRADOR DE SISTEMAS DE INTELIGÊNCIA MILITAR X
35XSARGENTO SÊNIOR DE INTELIGÊNCIA / SARGENTO CHEFE DE INTELIGÊNCIA X
35YCHEFE CONTRA INTELIGÊNCIA / SARGENTO DE INTELIGÊNCIA HUMANA X
35ZINTELIGÊNCIA DE SINAIS (GUERRA ELETRÔNICA) / SARGENTO SÊNIOR / CHEFE X
36BTÉCNICO DE GESTÃO FINANCEIRA X
37FESPECIALISTA EM OPERAÇÕES PSICOLÓGICAS X
38BESPECIALISTA EM ASSUNTOS CIVIS X
42AESPECIALISTA EM RECURSOS HUMANOS X
42FESPECIALISTA EM GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS
42REXÉRCITO BANDPERSONX
42SMEMBRO DA BANDA ESPECIALX
43FESPECIFICAÇÕES DE GESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO DE RECURSOS HUMANOS X
46QESPECIALISTA EM ASSUNTOS PÚBLICOS X
46RESPECIALISTA EM TRANSMISSÃO DE ASSUNTOS PÚBLICOS X
46ZCHEFE DE ASSUNTOS PÚBLICOS NCO X
51CAQUISIÇÃO, LOGÍSTICA E TECNOLOGIA (AL & ampt) CONTRATANTE X
56 milhõesASSISTENTE DO CAPITÃO X
68AESPECIALISTA EM EQUIPAMENTOS BIOMÉDICOS X
68DESPECIALISTA EM SALA DE OPERAÇÃO X
68EESPECIALISTA DENTÁRIA X
68GESPECIALISTA EM ADMINISTRAÇÃO DE PACIENTES X
68HESPECIALISTA EM LABORATÓRIO ÓPTICO X
68JESPECIALISTA EM LOGÍSTICA MÉDICA X
68KESPECIALISTA EM LABORATÓRIO MÉDICO X
68 milhõesESPECIALISTA EM CUIDADOS DE NUTRIÇÃO X
68PESPECIALISTA EM RADIOLOGIA X
68QESPECIALISTA EM FARMÁCIA X
68RESPECIALISTA EM INSPEÇÃO DE ALIMENTOS VETERINÁRIOS X
68SESPECIALISTA EM MEDICINA PREVENTIVA X
68TESPECIALISTA EM CUIDADOS COM ANIMAIS X
68VESPECIALISTA RESPIRATÓRIO X
68WESPECIALISTA EM CUIDADOS DE SAÚDE X
68XESPECIALISTA EM SAÚDE DO COMPORTAMENTO X
68ZCHIEF MEDICAL NCO X
74DESPECIALISTA QUÍMICO, BIOLÓGICO, RADIOLÓGICO E NUCLEAR (CBRN) X
79RRECRUTADOR NCO X
79SCONSELHEIRO DE CARREIRA X
79TRECRUTAMENTO E RETENÇÃO DE NCO (GUARDA NACIONAL DO EXÉRCITO DOS ESTADOS UNIDOS) X
79VRETENÇÃO & amp TRANSIÇÃO NCO, USAR X
88HESPECIALISTA EM CARGA X
88KOPERADOR DE WATERCRAFT X
88LENGENHEIRO WATERCRAFT X
88 milhõesOPERADOR DE TRANSPORTE MOTOR X
88NCOORDENADOR DE GESTÃO DE TRANSPORTES X
88PREPARADOR DE EQUIPAMENTO FERROVIÁRIO (RC)X
88TREPARADOR DE SEÇÃO FERROVIÁRIA (RC)X
88UTRIPULAÇÃO DE OPERAÇÕES FERROVIÁRIAS (RC)X
88ZSARGENTO SÊNIOR DE TRANSPORTEX
89AAMMUNITION STOCK CONTROL & amp ESPECIALISTA EM CONTABILIDADE X
89BESPECIALISTA EM MUNIÇÕES X
89DESPECIALISTA EM ELIMINAÇÃO DE ORDENS EXPLOSIVOSX
91AMANUTENÇÃO DO SISTEMA DE TANQUE M1 ABRAHMS (ANTERIORMENTE 63A)X
91BMECÂNICO DO VEÍCULO RODADO (ANTIGO 63B)X
91CREPARADOR DE EQUIPAMENTOS DE UTILIDADES (ANTERIORMENTE 52C)X
91DREPARADOR DE EQUIPAMENTO DE GERAÇÃO DE ENERGIA (ANTIGO 52D)X
91EESPECIALISTA EM COMÉRCIOS ALIADOS (ANTIGO 44E)X
91FREPARADOR DE PEQUENAS ARMAS / ARTILHARIAS (ANTIGO 45B) X
91GREPARADOR DE CONTROLE DE INCÊNDIO (ANTIGO 45G)X
91HREPARADOR DE VEÍCULOS DE TRILHA (ANTES DE 63H)X
91JQUARTERMASTER & amp REPARADOR DE EQUIPAMENTOS QUÍMICOS (ANTERIORMENTE 63J) X
91KREPARADOR DE ARMAMENTO (ANTERIORMENTE 45K) X
91LREPARADOR DE EQUIPAMENTOS DE CONSTRUÇÃO (ANTERIORMENTE 62B)X
91 milhõesMANUTENÇÃO DO SISTEMA DE VEÍCULO DE COMBATE A BRADLEY (ANTERIORMENTE 63M)X
91PMECÂNICO DE ARTILHARIA (ANTIGO 63D)X
91WTRABALHADOR DE METAL (ANTERIORMENTE 44B)X
91XSUPERVISOR DE MANUTENÇÃO (ANTERIORMENTE 63X)X
91ZSUPERVISOR DE MANUTENÇÃO MECÂNICA (ANTIGO 63Z)X
92AESPECIALISTA EM LOGÍSTICA AUTOMATIZADA X
92FESPECIALISTA EM FORNECIMENTO DE PETRÓLEO X
92GESPECIALISTA EM SERVIÇOS DE ALIMENTOS (ANTIGO 94B) X
92LESPECIALISTA EM LABORATÓRIO DE PETRÓLEO X
92MESPECIALISTA EM ASSUNTOS MORTUÁRIOS X
92RPARACHUTE RIGGER X
92SESPECIALISTA EM REPARO DE ROUPA E DUCHE / LAVANDERIA X
92WESPECIALISTA EM TRATAMENTO DE ÁGUA X
92YESPECIALISTA DE FORNECIMENTO DE UNIDADES X
92ZLOGÍSTICO SÊNIOR NÃO COMISSIONADO X
94AREPARADOR DE SISTEMA DE MÍSSEIS ELETRÔNICO DE COMBATE A TERRA X
94DREPARADOR DE EQUIPAMENTO DE CONTROLE DE TRÁFEGO AÉREO X
94EREPARADOR DE SEGURANÇA DE COMUNICAÇÕES DE RÁDIO E AMP (COMSEC) X
94FREPARADOR DE SISTEMAS DE DETECÇÃO DE COMPUTADOR X
94HTESTE, MEDIÇÃO E SUPORTE DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTO DE DIAGNÓSTICO (TMDE)
ESPECIALISTA
X
94KREPARADOR DE SISTEMAS DE HELICÓPTERO DE ATAQUE APACHEX
94LREPARADOR DE EQUIPAMENTO DE COMUNICAÇÕES AVIÓNICASX
94 milhõesREPARADOR DE RADAR X
94PREPARADOR DE SISTEMA DE ROCKET DE LANÇAMENTO MÚLTIPLO X
94RAVIÔNICA e REPARADOR DE EQUIPAMENTO DE SOBREVIVABILIDADE X
94SREPARADOR DE SISTEMA PATRIOTAX
94TREPARADOR DE SISTEMA AVENGERX
94WCHEFE DE MANUTENÇÃO ELETRÔNICAX
94XSENIOR MISSLE SYSTEMS MAINTAINERX
94YFAMÍLIA INTEGRADA DE OPERADOR DE EQUIPAMENTO DE TESTE (IFTE) & MANUTENÇÃO de amp X
94ZCHEFE DE MANUTENÇÃO ELETRÔNICA SÊNIORX
Lista de exposição ao ruído de dever de oficial do exército
MOSCARGOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
01AOFICIAL GERALISTA X
02AGENERALISTA DE ARMAS DE COMBATEX
02BINFANTARIA / ARMADURA IMATERIALX
02CINFANTARIA / ARMADURA / ARTILHARIA DE CAMPO / ENGENHEIRO IMATERIALX
11AINFANTARIAX
12AENGENHEIRO GERALX
12BENGENHEIRO DE COMBATEX
12DENGENHEIRO DE GESTÃO DE CONSTRUÇÃO DE INSTALAÇÕES / CONTRATOS (FCCME) X
13AARTILHARIA DE CAMPO, GERALX
14AOFICIAL DE ARTILHARIA DE DEFESA AÉREAX
15AAVIAÇÃO GERALX
15BOPERAÇÕES DE ARMAS COMBINADAS DE AVIAÇÃOX
15CINTELIGÊNCIA DE TODAS AS FONTES DE AVIAÇÃOX
18AFORÇAS ESPECIAISX
19AARMOR, GERALX
19BARMADURASX
19CCAVALARIAX
21AENGENHEIRO, GERAL (conversão para 12A 01/10/10)X
21BENGENHEIRO DE COMBATE (conversão para 12B 01/10/10)X
21DENGENHEIRO DE GESTÃO DE CONSTRUÇÃO DE INSTALAÇÕES / CONTRATOS (FCCME) X
24AENGENHEIRO DE SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES X
24BENGENHEIRO DE SISTEMAS DE DADOS X
24XENGENHEIRO DE SISTEMAS DE TELECOMUNICAÇÕES DESIGNADAS X
24ZENGENHEIRO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO X
25ASINAL, GERAL X
27AJUIZ ADVOGADO GERAL X
27BJUIZ MILITAR X
29AOFICIAL DE GUERRA ELETRÔNICA X
30AOFICIAL DE OPERAÇÕES DE INFORMAÇÕES X
31APOLÍCIA MILITAR X
34AOFICIAL DE INTELIGÊNCIA ESTRATÉGICA X
35CINTELIGÊNCIA DE IMAGENS (IMINT) X
35DTODA A INTELIGÊNCIA DE FONTE X
35ECONTRA INTELIGÊNCIA (CI) X
35FINTELIGÊNCIA HUMANA (HUMINT) X
35GSIGNALS INTELLIGENCE / ELECTRONIC WARFARE (SIGINT / EW) X
36AGERENTE FINANCEIRO X
37AOPERAÇÕES PSICOLÓGICAS X
37XOPERAÇÕES PSICOLÓGICAS DESIGNADAS X
38AASSUNTOS CIVIS (AA E USAR) X
38XASSUNTOS CIVIS, DESIGNADOS X
40AOPERAÇÕES ESPACIAISX
40CEXÉRCITO ASTRONAUTAX
42BOFICIAL DE RECURSOS HUMANOS X
42CEXÉRCITOXX
42HOFICIAL DE RECURSOS HUMANOS SÊNIOR X
46AASSUNTOS PÚBLICOS, GERAIS X
46XASSUNTOS PÚBLICOS, GERAIS X
47 SERIESUSMA FACULTY X
47AUSMA, PROFESSORA X
47CUSMA, PROFESSORA DE INGLÊS X
47DUSMA, PROFESSORA DE ENGENHARIA ELÉTRICA E INFORMÁTICA X
47EUSMA, PROFESSORA DE DIREITO X
47FUSMA, PROFESSORA DE ENGENHARIA DE SISTEMAS X
47GUSMA, PROFESSORA DE LÍNGUAS ESTRANGEIRAS X
47HUSMA, PROFESSORA DE FÍSICA X
47JUSMA, PROFESSORA DE CIÊNCIAS SOCIAIS X
47KUSMA, PROFESSORA DE HISTÓRIA X
47LUSMA, PROFESSORA DE CIÊNCIAS DO COMPORTAMENTO E LIDERANÇA X
47 milhõesUSMA, PROFESSORA DE QUÍMICA X
47NUSMA, PROFESSORA DE CIÊNCIAS MATEMÁTICAS X
47PUSMA, PROFESSORA DE GEOGRAFIA E ENGENHARIA AMBIENTAL X
47QUSMA, PROFESSORA E ASSOCIADA DEAN X
47RUSMA, PROFESSORA DE ENGENHARIA CIVIL E MECÂNICA X
47SUSMA, PROFESSORA DE EDUCAÇÃO FÍSICA X
47TUSMA, PROFESSORA DE DESENVOLVIMENTO DE LÍDERES E APRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL X
47UUSMA, PROFESSORA DE ARTE E CIÊNCIA MILITAR X
48 SERIESOFICIAIS DE ÁREA ESTRANGEIRA X
48BAMÉRICA LATINA X
48CEUROPA X
48DSUL DA ASIA X
48EEURÁSIA X
48FCHINA X
48GMIDEAST / NORTH AFRICA X
48hNORDESTE DA ÁSIA X
48ISUDESTE DA ÁSIA X
48JÁFRICA, SUL DA SAHARA X
48XOFICIAL DE ÁREA ESTRANGEIRA X
49APESQUISA DE OPERAÇÕES / ANÁLISE DE SISTEMAS X
49WTREINADO, ORSA X
49XNÃO TREINADO, ORSA X
51ADESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS X
51CGESTÃO DE CONTRATOS E INDUSTRIAIS X
51RAQUISIÇÃO E ENGENHARIA DE AUTOMAÇÃO DE SISTEMAS Y
51SPESQUISA E ENGENHARIA X
51TTESTE E AVALIAÇÃO X
51ZAQUISIÇÃO X
52BNUCLEAR E CONTRAPROLIFERAÇÃO X
53AGESTÃO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO X
53XAUTOMAÇÃO DE SISTEMAS DESIGNADOS X
56ACAPITÃO DE COMANDO E UNIDADE X
56DEDUCADOR PASTORAL CLÍNICO X
57AOFICIAL DE OPERAÇÕES DE SIMULAÇÕES X
59APLANOS E POLÍTICAS ESTRATÉGICAS X
60AMEDICINA OPERACIONAL X
60BOFICIAL DE MEDICINA NUCLEAR X
60COFICIAL DE MEDICINA PREVENTIVA X
60DOFICIAL DE MEDICINA OCUPACIONAL X
60FOFICIAL DE DOENÇA PULMONAR / CUIDADOS CRÍTICOS X
60GGASTROENTEROLOGISTA X
60HCARDIOLOGISTA X
60JOBSTETRÍCIA E GINECOLOGISTA X
60KUROLOGISTA X
60LDERMATOLOGISTA X
60MALERGISTA, IMUNOLOGISTA CLÍNICO X
60NANESTESISTA X
60PPEDIATRA X
60QSUB-ESPECIALISTA PEDIÁTRICO X
60RNEUROLOGISTA INFANTIL X
ANOS 60OFTALMOLOGISTA X
60TOTOLARINGOLOGISTA X
60UPSIQUIATRA INFANTIL X
60VNEUROLOGISTA X
60WPSIQUIATRA X
61ANEFROLOGISTA X
61BONCOLOGISTA MÉDICO / HEMATOLOGISTA X
61CENDOCRINOLOGISTA X
61DREUMATOLOGISTA X
61EFARMACOLOGISTA CLÍNICO X
61FINTERNO X
61GOFICIAL DE DOENÇAS INFECCIOSAS X
61HMEDICINA FAMILIAR X
61JCIRURGIÃO GERAL X
61KCIRURGIÃO TORÁCICO X
61LCIRURGIÃO PLÁSTICO X
61MCIRURGIÃO ORTOPÉDICO X
61NVÔO CIRURGIÃO X
61PFISIATRISTA X
61QONCOLOGISTA DE RADIAÇÃO X
61RRADIOLOGISTA DE DIAGNÓSTICO X
61UPATOLOGISTA X
61WCIRURGIÃO VASCULAR PERIFÉRICO X
61ZNEUROCIRURGIÃO X
62AMÉDICO DE EMERGÊNCIA Y
62BCIRURGIÃO DE CAMPO X
63ADENTISTA GERAL X
63BDENTISTA ABRANGENTE X
63DPERIODONTISTA X
63EENDODONTISTA X
63FPROSTODONISTA X
63HDENTISTA DE SAÚDE PÚBLICA X
63KDENTISTA PEDIÁTRICO X
63MORTODONTISTA X
63NCIRURGIÃO ORAL E MAXILOFACIAL X
63PPATOLOGISTA ORAL X
63RDENTISTA EXECUTIVO X
64ASERVIÇO VETERINÁRIO DE CAMPO X
64BMEDICINA PREVENTIVA VETERINÁRIA X
64CMEDICINA ANIMAL DE LABORATÓRIO VETERINÁRIO X
64DPATOLOGIA VETERINÁRIA X
64EMEDICINA VETERINÁRIA COMPARATIVA X
64FMEDICINA CLÍNICA VETERINÁRIA X
64ZSÊNIOR VETERINÁRIO (IMATERIAL) X
65ATERAPIA OCUPACIONAL X
65BTERAPIA FÍSICA X
65CDIETISTA X
65DASSISTENTE MÉDICO X
65XOPERAÇÕES ALIADAS ESPECIALISTAS X
66BENFERMEIRA DE SAÚDE PÚBLICA DO EXÉRCITO X
66CENFERMEIRA DE SAÚDE PSIQUIÁTRICA / MENTAL X
66EENFERMEIRA PERIOPERATIVA X
66FANESTETISTA DE ENFERMEIRA X
66GOBSTETRICS E GINECO X
66HENFERMEIRA MÉDICO-CIRÚRGICA X
66NENFERMEIRA GENERALISTA X
66PPRÁTICAS DE ENFERMEIRA DE FAMÍLIA X
67ASERVIÇOS DE SAÚDE X
67BCIÊNCIAS DE LABORATÓRIO X
67CCIÊNCIAS DA MEDICINA PREVENTIVA X
67DCIÊNCIAS COMPORTAMENTAIS X
67EFARMACIA X
67FOPTOMETRIA X
67GPODIATRIA X
67JEVACUAÇÃO AEROMÉDICAX
70AADMINISTRAÇÃO DE CUIDADOS DE SAÚDE X
70BADMINISTRAÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE X
70CCONTROLADOR DE SERVIÇOS DE SAÚDE X
70DGESTÃO DE SISTEMAS DE SERVIÇOS DE SAÚDE X
70EADMINISTRAÇÃO DE PACIENTES X
70FRECURSOS HUMANOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE X
70HPLANOS DE SERVIÇOS DE SAÚDE, OPERAÇÕES, INTELIGÊNCIA, SEGURANÇA E TREINAMENTO X
70KMATERIEL DE SERVIÇOS DE SAÚDE X
71AMICROBIOLOGIA X
71BBIOQUÍMICA X
71ELABORATÓRIO CLÍNICO X
71FPESQUISA DE PSICOLOGIA X
72ACIÊNCIA MÉDICA NUCLEAR X
72BENTOMOLOGIA X
72CAUDIOLOGIA X
72DCIÊNCIA E ENGENHARIA AMBIENTAL X
72EENGENHEIRO AMBIENTAL (conversão para 72D 01/10/10) X
73ATRABALHO SOCIAL X
73BPSICOLOGIA CLÍNICA X
74AQUÍMICO, BIOLÓGICO, RADIOLÓGICO E NUCLEAR (CBRN) X
74BOPERAÇÕES QUÍMICAS E TREINAMENTO (conversão para 74A 01/10/10) X
74CMUNIÇÕES QUÍMICAS E GESTÃO DE MATERIEL (conversão para 74A 01/10/10) X
88ATRANSPORTE, GERAL X
88BGESTÃO DE TRÁFEGO X
88COPERAÇÕES MARINHAS E TERMINAIS X
88DMOTOR / TRANSPORTE FERROVIÁRIO X
89EELIMINAÇÃO DE ORDINÂNCIA EXPLOSIVAX
90ALOGÍSTICA X
91AMANUTENÇÃO E MUNIÇÕES OFICIAL DE MATERIEL X
92AQUARTERMASTER, GERAL X
92DENTREGA AÉREA E MATERIEL X
92FPETRÓLEO E ÁGUA X
OFICIAIS DE GARANTIA
001ANÃO QUALIFICADO EM MOS DE OFICIAL DE GARANTIA AUTORIZADO X
002APACIENTE X
003AALUNA X
004ADEVERES NÃO ATRIBUÍDOS OU EM TRÂNSITO X
120ATÉCNICO DE ENGENHARIA DE CONSTRUÇÃOX
125DTÉCNICO DE ENGENHARIA GEOESPACIAL X
131ATÉCNICO DE SEGMENTAÇÃO DE ARTILHARIA DE CAMPO X
140ACOMANDO E INTEGRADOR DE SISTEMAS DE CONTROLEX
140ETÁTICO / TÉCNICO DE SISTEMAS DE DEFESA A AR E MÍSSEIS (AMD) X
140XARTILHARIA DE DEFESA AÉREA (ADA) IMATERIAL X
150ATÉCNICO DE GESTÃO DE TRÁFEGO AÉREO E ESPAÇO AÉREO X
150UTÉCNICO DE OPERAÇÕES DE SISTEMAS DE AERONAVES NÃO MANIPULADAS X
151ATÉCNICO DE MANUTENÇÃO DE AVIAÇÃO (NÃO AVALIADO)X
152BOH-58A / C SCOUT PILOT (RC)X
152COH-6 PILOTX
152DOH-58D PILOTX
152EARH-XX PILOTX
152FPILOTO DE ATAQUE AH-64AX
152HPILOTO DE ATAQUE AH-64DX
153AAVIADOR DE ASA ROTATIVA (AERONAVES NÃO ESPECÍFICAS)X
153BPILOTO UH-1 (RC)X
153DPILOTO UH-60X
153EMH-60 PILOTX
153LPILOTO UH-72AX
153MPILOTO UH-60MX
154CCH-47D PILOTX
154EMH-47 PILOTX
154FCH-47F PILOTX
155AAVIADOR DE ASA FIXA (AERONAVES NÃO ESPECÍFICAS)X
155EC-12 PILOTOX
155FPILOTO DE AERONAVESX
155G0-5A / EO-5B / RC-7 PILOTOX
180AGARANTE DE FORÇAS ESPECIAISX
210ATÉCNICO DE ENGENHARIA DA CONSTRUÇÃO (conversão para 120A 01/10/10)X
215DTÉCNICO DE ENGENHARIA GEOESPACIAL (conversão para 125A 01/10/10) X
250NTÉCNICO DE GESTÃO DE REDE X
251ATÉCNICO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO X
254ATÉCNICO DE SUPORTE DE SISTEMAS DE SINAL X
255ATÉCNICO DE SERVIÇOS DE INFORMAÇÃO X
255NTÉCNICO DE GESTÃO DE REDE X
255STÉCNICO DE PROTEÇÃO DE INFORMAÇÕES X
255ZTÉCNICO SÊNIOR DE OPERAÇÕES DE REDE X
270AADMINISTRADOR LEGAL X
290ATÉCNICO DE GUERRA ELETRÔNICA X
311AAGENTE ESPECIAL CID X
350FTÉCNICO DE INTELIGÊNCIA DE TODAS AS FONTES X
350GIMAGERY INTELLIGENCE TECHNICAN X
350ZANEXAR TÉCNICO X
351LTÉCNICO DE CONTRAINTELIGÊNCIA X
351 milhõesTÉCNICO DE COLETA DE INTELIGÊNCIA HUMANA X
351YTÉCNICO DE INTELIGÊNCIA DE ÁREA X
352NTÉCNICO DE ANÁLISE DE INTELIGÊNCIA DE SINAIS X
352PTÉCNICO DE INTERCEPÇÃO DE VOZX
352STÉCNICO DE COLETA DE SINAISX
353TTÉCNICO DE MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DA IEW X
420ATÉCNICO DE RECURSOS HUMANOS X
420CMAESTROX
640AOFICIAL DE SEGURANÇA ALIMENTAR X
670ATÉCNICO DE MANUTENÇÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE X
740AOFICIAL DE GARANTIAS QUÍMICAS, BIOLÓGICAS, RADIOLÓGICAS E NUCLEARES (CBRN) X
880AOFICIAL DO CONVÉS MARINHOX
881AOFICIAL DE ENGENHARIA MARINHAX
882AOFICIAL DE MOBILIDADE X
890ATÉCNICO DE MUNIÇÃO X
913AOFICIAL DE GARANTIA DE MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE ARMAMENTO X
914AOFICIAL DE GARANTIA DA ALLIED TRADES X
915AOFICIAL DE GARANTIA DE MANUTENÇÃO AUTOMOTIVA X
915EGARANTE DE MANUTENÇÃO AUTOMOTIVA SÊNIOR / SÊNIOR
OFICIAL DE GARANTIA DE LOGÍSTICA DE ORDNANCE
X
919AOFICIAL DE GARANTIA DE MANUTENÇÃO DE EQUIPAMENTO DE ENGENHEIRO X
920ATÉCNICO DE CONTABILIDADE IMOBILIÁRIA X
920BTÉCNICO DE SISTEMAS DE FORNECIMENTO X
921ATÉCNICO DE SISTEMAS AIRDROPX
922ATÉCNICO DE SERVIÇO DE ALIMENTOS X
923ATÉCNICO DE PETRÓLEO X
948BOFICIAL DE GARANTIA DE MANUTENÇÃO DE SISTEMAS ELETRÔNICOS X
948DOFICIAL DE GARANTIA DE MANUTENÇÃO DE SISTEMAS DE MÍSSEIS ELETRÔNICOS X
948EGARANTE DE MANUTENÇÃO SÊNIOR ELETRÔNICA X
Lista de exposição ao ruído de serviço militar da Marinha
SERIESAVALIAÇÃOCARGOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
70ABAVIATION BOATSWAINS MATEX
70ABEAVIATION BOATSWAINS MATE (EQUIPAMENTO DE LANÇAMENTO E RECUPERAÇÃO)X
70ABFAVIATION BOATSWAINS MATE (COMBUSTÍVEIS)X
70ABHAVIATION BOATSWAINS MATE (MANIPULAÇÃO DE AERONAVES)X
69ACCONTROLADOR DE TRÁFEGO AÉREO X
64DE ANÚNCIOSMATE DE MÁQUINISTAS DE AVIAÇÃOX
71AEELETRICISTA DE AVIAÇÃO MATEX X
74AGAEREÓGRAFOS MATE
72SOUMECÂNICO ESTRUTURAL DA AVIAÇÃOX
72AMEMECÂNICO ESTRUTURAL DE AVIAÇÃO (EQUIPAMENTO DE SEGURANÇA)X
68AOPORTARIAS DE AVIAÇÃOX
76COMOTÉCNICO DE EQUIPAMENTO DE SUPORTE DE AVIAÇÃOX
66NOTÉCNICO DE ELETRÔNICA DE AVIAÇÃO X
78AWAVIÃO DE AVIAÇÃOX
78AWFAVIÃO DE AVIAÇÃO (MECÂNICO)X
78AWOAVIÃO DE AVIAÇÃO (OPERADOR)X
78AWRAVIÃO DE AVIAÇÃO (HELICÓPTERO TÁTICO)X
78AWSAVIÃO DE AVIAÇÃO (HELICÓPTERO)X
78AWVAVIÃO DE AVIAÇÃO (AVIÔNICA)X X
63AZADMINISTRATIVO DE MANUTENÇÃO DE AVIAÇÃO X
73PREQUIPAMENTOS DE SOBREVIVÊNCIA DE AERONAVES
59BUCONSTRUTORX
56CEELETRICISTA DE CONSTRUÇÃO X
58CMMECÂNICO DE CONSTRUÇÃO XX
55EAAIDS DE ENGENHARIA
57EOOPERADOR DE EQUIPAMENTOX
60SWSTEELWORKERX
61UTHOMEM DE UTILIDADES X
1BMBOATSWAINS MATEX X
35CSESPECIALISTA CULINÁRIO X
91CTITÉCNICO DE CRIPTOGRAFIA (INTERPRETIVO) X
91CTITÉCNICO DE CRIPTOGRAFIA (MANUTENÇÃO) X
91CTITÉCNICO DE CRIPTOGRAFIA (COLEÇÃO) X
91CTITÉCNICO DE CRIPTOGRAFIA (TÉCNICO) X
91CTITÉCNICO DE CRIPTOGRAFIA (REDE)
15ETTÉCNICO EM ELETRÔNICA X
11FCCONTROLADOR DE INCÊNDIO X
11FTTÉCNICO DE CONTROLE DE INCÊNDIO X
8GMGUNNERS MATEX X
84HMHOSPITAL CORPSMAN X
39ÉESPECIALISTA EM INTELIGÊNCIA
23ISTOTÉCNICO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÕESX X
34LNLEGALMAN X
28LSESPECIALISTA EM LOGÍSTICA
20MAMASTER-AT-ARMS XX
32MCESPECIALISTA EM COMUNICAÇÕES EM MASSA X
12MNMINEMAN X
13MTMISSLE TECHNICIAN
38MUMÚSICO XX
21NCCONSELHEIRO DA MARINHA X
3SOESPECIALISTA EM OPERAÇÕES X
26PSESPECIALISTA DE PESSOAL X
2QMQUARTERMASTER X
24RPESPECIALISTA EM PROGRAMAS RELIGIOSOS
53SBBARCOS DE OPERAÇÕES ESPECIAIS XX
31SHEMBARQUE DE SERVIÇOS DE NAVIOS
53TÃOOPERAÇÕES ESPECIAISX X
4STSTÉCNICO SONAR (SUBMARINO) X
4STGTÉCNICO SONAR (SUPERFÍCIE) X
25YNYEOMAN
48DCCONTROLADOR DE DANOSX
46EMELETRICISTAS X
43ENENGINEMANX
53EODELIMINAÇÃO DE ORDINÂNCIA EXPLOSIVA / MERGULHADORX
41GSTÉCNICO DE SISTEMA DE TURBINA A GÁSX
41GSETÉCNICO DE SISTEMA DE TURBINA A GÁS (ELÉTRICO)X
41GSMTÉCNICO DE SISTEMA DE TURBINA A GÁS (MECÂNICO)X
49HTTÉCNICO DE MANUTENÇÃO DE CASCOX X
47ICELETRICISTA DE COMUNICAÇÕES DE INTERIORES
42MNMACHIISTS MATEX
44SRREPARADOR DE MÁQUINASX
53WLNAVY DIVER XX
92CMCCHEFE MESTRE DE COMANDO X
92CMDCOMANDO MESTRE CHEFE PETTY OFICIAL X
92FLTFROTA MASTER CHEFE PETTY OFICIAL X
92PARAMEDIDOR DE FORÇA CHEFE PETTY OFFIECER X
92MCNMESTRE CHEFE PETTY OFICIAL DA MARINHA X
Lista de exposição ao ruído do oficial da marinha de dever MOS
CAMPOGRUPOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
SERVIÇOS DE SAÚDE0000-0099 GRUPO DE GESTÃO DE SERVIÇOS DE SAÚDE X
SERVIÇOS DE SAÚDE0100-0199 GRUPO DE ESPECIALIDADES MÉDICAS (MEDICINA) X
SERVIÇOS DE SAÚDE0200-0299 GRUPO DE ESPECIALIDADES MÉDICAS (CIRURGIA) X
SERVIÇOS DE SAÚDE0300-0399 GRUPO DE ODONTOLOGIA GERAL X
SERVIÇOS DE SAÚDE0500-0599 GRUPO DE ESPECIALIDADES DENTÁRIAS X
SERVIÇOS DE SAÚDE0800-0899 GRUPO DE SERVIÇOS DE CUIDADOS DE SAÚDE X
SERVIÇOS DE SAÚDE0900-0999 GRUPO DE ENFERMAGEM X
FORNECIMENTO E FISCAL1000-1099 FISCAL X
FORNECIMENTO E FISCAL1100-1199 SUBSISTÊNCIA, OPEN MESS E GESTÃO BQ X
FORNECIMENTO E FISCAL1200-1299 TRANSPORTE X
FORNECIMENTO E FISCAL1300-1399 DISTRIBUIÇÃO DE MATERIAL X
FORNECIMENTO E FISCAL1400-1499 COMPRAS X
FORNECIMENTO E FISCAL1500-1599 CONTROLE DE INVENTÁRIO X
FORNECIMENTO E FISCAL1900-1999 GERAL (FORNECIMENTO E CAMPO FISCAL) X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2000-2099 CIÊNCIAS FÍSICAS E NATURAIS X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2100-2199 NAVAL SCIENCE X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2200-2299 CIÊNCIAS SOCIAIS X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2300-2399 METEOROLOGIA E OCEANOGRAFIA X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2400-2499 ASSUNTOS PÚBLICOS X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2500-2599 LEGAL X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2600-2699 GESTÃO E SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS X
CIÊNCIAS E SERVIÇOS2700-2799 SEGURANÇA E POLÍCIA X
PESSOAL3000-3099 RECRUTAMENTO E SELEÇÃO X
PESSOAL3100-3199 CLASSIFICAÇÃO E DISTRIBUIÇÃO X
PESSOAL3200-3299 TREINAMENTO GERAL X
PESSOAL3300-3399 GESTÃO DE RECURSOS HUMANOS X
PESSOAL3400-3499 DESEMPENHO X
PESSOAL3500-3599 BEM-ESTAR X
PESSOAL3700-3799 CAPLÃO X
PESSOAL3900-3999 GERAL (CAMPO DE PESSOAL) X
ENGENHARIA DE INSTALAÇÕES4200-4299 ENGENHARIA DE INSTALAÇÕES EM TERRA X
ENGENHARIA DE INSTALAÇÕES4300-4399 FORÇAS DE CONSTRUÇÃO NAVAL X
ENGENHARIA ELETRÔNICA5700-5799 DISPOSITIVOS DE TREINAMENTO X
ENGENHARIA ELETRÔNICA5900-5999 GERAL (CAMPO DE ENGENHARIA ELETRÔNICA) X
ENGENHARIA DE ARMAS6000-6099 MUNIÇÕES E EXPLOSIVOSX
ENGENHARIA DE ARMAS6200-6299 MÍSSEIS GUIADOSX
ENGENHARIA DE ARMAS6300-6399 EQUIPAMENTO DE ARMASX
ENGENHARIA DE ARMAS6400-6499 CONTROLE DE ARMAS X
ENGENHARIA DE ARMAS6500-6599 ARMAS SUBMARINASX
ENGENHARIA DE ARMAS6700-6799 MATERIAIS E PROGRAMAS DE ARMAS X
ENGENHARIA DE ARMAS6900-6999 GERAL (CAMPO DE ENGENHARIA DE ARMAS) X
ENGENHARIA NAVAL7100-7199 HULL X
ENGENHARIA NAVAL7200-7299 MÁQUINASX
ENGENHARIA NAVAL7300-7399 MATERIAL X
ENGENHARIA NAVAL7400-7499 ENGENHARIA DE PRODUÇÃO X
ENGENHARIA NAVAL7900-7999 GERAL (CAMPO DE ENGENHARIA NAVAL) X
AVIAÇÃO8000-8099 ENGENHARIA DE AVIAÇÃO (PROJETO E ACEITAÇÃO)X
AVIAÇÃO8100-8199 ENGENHARIA DE AVIAÇÃO (MANUTENÇÃO E RECONHECIMENTO)X
AVIAÇÃO8500-8599 VOOX
AVIAÇÃO8600-8699 OPERAÇÕES DE TERRAX
AVIAÇÃO8800-8899 FOTOGRAFIA X
OPERAÇÕES NAVAIS9000-9099 COMANDO DE PESSOAL E FROTA X
OPERAÇÕES NAVAIS9100-9199 PLANEJAMENTO E OPERAÇÕES DA EQUIPE DO CENTRO DE OPERAÇÕES AÉREAS XX
OPERAÇÕES NAVAIS9200-9296 OPERAÇÕES A BORDO E ARMASX
OPERAÇÕES NAVAIS9300-9399 OPERAÇÕES DE ENGENHARIAX
OPERAÇÕES NAVAIS9400-9499 OPERAÇÕES EM TERRA X
OPERAÇÕES NAVAIS9500-9599 COMUNICAÇÕES X
OPERAÇÕES NAVAIS9600-9699 INTELIGÊNCIA X
OPERAÇÕES NAVAIS9700-9799 PROCESSAMENTO AUTOMÁTICO DE DADOS X
OPERAÇÕES NAVAIS9800-9899 GUARDA DE INFORMAÇÕES X
OPERAÇÕES NAVAIS9900-9999 GERAL (CAMPO DE OPERAÇÕES NAVAL) X
Lista de exposição ao ruído de dever do Corpo de Fuzileiros Navais
GRAUMOSCAMPO OCUPACIONALMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
O = OFICIAL
W = OFICIAL DE GARANTIA
E = INCLUÍDO
Categorias por área ocupacional em vez de designação de MOS individual, pois há atualmente mais de 1.200 MOSs anteriores e atuais
O01XXPESSOAL E ADMINISTRAÇÃO X
C01XXPESSOAL E ADMINISTRAÇÃO X
E01XXPESSOAL E ADMINISTRAÇÃO X
O02XXINTELIGÊNCIA X
C02XXINTELIGÊNCIA X
E02XXINTELIGÊNCIAX
O03XXINFANTARIAX
C03XXINFANTARIAX
E03XXINFANTARIAX
O04XXLOGÍSTICA X
C04XXLOGÍSTICA X
E04XXLOGÍSTICA X
O05XXPLANOS DE FORÇA DE TAREFA DE AÉREO MARINHO (MAGTF) X
C05XXPLANOS DE FORÇA DE TAREFA DE AÉREO MARINHO (MAGTF) X
E05XXPLANOS DE FORÇA DE TAREFA DE AÉREO MARINHO (MAGTF) X
O06XXCOMUNICAÇÕES X
C06XXCOMUNICAÇÕES X
E06XXCOMUNICAÇÕES X
O08XXARTILHARIA DE CAMPOX
C08XXARTILHARIA DE CAMPOX
E08XXARTILHARIA DE CAMPOX
C09XXTREINAMENTOX
E09XXTREINAMENTOX
C11XXSERVIÇOS DE UTILIDADE PÚBLICA X
E11XXSERVIÇOS DE UTILIDADE PÚBLICA X
O13XXENGENHEIRO, CONSTRUÇÃO, INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOX
C13XXENGENHEIRO, CONSTRUÇÃO, INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOX
E13XXENGENHEIRO, CONSTRUÇÃO, INSTALAÇÕES E EQUIPAMENTOX
O18XXTANQUE E VEÍCULO ANFÍBIO DE ASSALTOX
E18XXTANQUE E VEÍCULO ANFÍBIO DE ASSALTOX
O21XXMANUTENÇÃO DE ORDEM DO SOLO X
C21XXMANUTENÇÃO DE ORDEM DO SOLOX
E21XXMANUTENÇÃO DE ORDEM DO SOLOX
O2300DISPOSIÇÃO DE MUNIÇÃO E ORDINÂNCIA EXPLOSIVA X
C2305DISPOSIÇÃO DE MUNIÇÃO E ORDINÂNCIA EXPLOSIVA X
E2311DISPOSIÇÃO DE MUNIÇÃO E ORDINÂNCIA EXPLOSIVAX
C26XXSINAIS DE INTELIGÊNCIA / GUERRA ELETRÔNICA DE TERRA X
E26XXSINAIS DE INTELIGÊNCIA / GUERRA ELETRÔNICA DE TERRA X
O27XXLINGUISTA X
E27XXLINGUISTA X
O28XXMANUTENÇÃO ELETRÔNICA DE TERRA X
C28XXMANUTENÇÃO ELETRÔNICA DE TERRA X
E28XXMANUTENÇÃO ELETRÔNICA DE TERRA X
O30XXADMINISTRAÇÃO DE FORNECIMENTO E OPERAÇÕES X
C30XXADMINISTRAÇÃO DE FORNECIMENTO E OPERAÇÕES X
E30XXADMINISTRAÇÃO DE FORNECIMENTO E OPERAÇÕES X
O31XXGERENCIAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO X
C31XXGERENCIAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO X
E31XXGERENCIAMENTO DE DISTRIBUIÇÃO X
O33XXSERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO X
C33XXSERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO X
E33XXSERVIÇO DE ALIMENTAÇÃO X
O34XXGESTÃO FINANCEIRA X
C34XXGESTÃO FINANCEIRA X
E34XXGESTÃO FINANCEIRA X
C35XXTRANSPORTE DE MOTOR X
E35XXTRANSPORTE DE MOTOR X
C41XXMARINE CORPS COMMUNITY SERVICES X
E41XXMARINE CORPS COMMUNITY SERVICES X
O43XXASSUNTOS PÚBLICOS X
C43XXASSUNTOS PÚBLICOS X
E43XXASSUNTOS PÚBLICOSX
O44XXSERVIÇOS LEGAIS X
C44XXSERVIÇOS LEGAIS X
E44XXSERVIÇOS LEGAIS X
O46XXCÂMERA COMBAT (COMCAM)X
C46XXCÂMERA COMBAT (COMCAM)X
E46XXCÂMERA COMBAT (COMCAM)X
O48XXRECRUTAMENTO E RETENÇÃO X
C48XXRECRUTAMENTO E RETENÇÃO X
E48XXRECRUTAMENTO E RETENÇÃO X
O55XXMÚSICA X
C55XXMÚSICA X
E55XXMÚSICA X
C57XXDEFESA QUÍMICA, BIOLÓGICA, RADIOLÓGICA E NUCLEAR (CBRN) X
E57XXDEFESA QUÍMICA, BIOLÓGICA, RADIOLÓGICA E NUCLEAR (CBRN) X
O58XXPOLÍCIA MILITAR E CORREÇÕES X
C58XXPOLÍCIA MILITAR E CORREÇÕES X
E58XXPOLÍCIA MILITAR E CORREÇÕES X
O59XXMANUTENÇÃO ELETRÔNICA X
C59XXMANUTENÇÃO ELETRÔNICA X
E59XXMANUTENÇÃO ELETRÔNICA X
O60XXMANUTENÇÃO DE AERONAVEX
C60XXMANUTENÇÃO DE AERONAVEX
E60XXMANUTENÇÃO DE AERONAVEX
E61XXMANUTENÇÃO DE AERONAVES (ASA ROTATIVA)X
E62XXMANUTENÇÃO DE AERONAVES (ASA FIXA)X
O63XXMANUTENÇÃO DE AVIÔNICA ORGANIZACIONALX
C63XXMANUTENÇÃO DE AVIÔNICA ORGANIZACIONALX
E63XXMANUTENÇÃO DE AVIÔNICA ORGANIZACIONALX
E64XXMANUTENÇÃO DE AVIÔNICA INTERMEDIÁRIAX
O65XXORDEM DE AVIAÇÃOX
C65XXORDEM DE AVIAÇÃOX
E65XXORDEM DE AVIAÇÃOX
O66XXLOGÍSTICA DE AVIAÇÃO X
C66XXLOGÍSTICA DE AVIAÇÃO X
E66XXLOGÍSTICA DE AVIAÇÃOX
O68XXMETEOROLOGIA E OCEANOGRAFIA (METOC) X
C68XXMETEOROLOGIA E OCEANOGRAFIA (METOC) X
E68XXMETEOROLOGIA E OCEANOGRAFIA (METOC) X
C70XXSERVIÇOS DE CAMPO AÉREOX
E70XXSERVIÇOS DE CAMPO AÉREOX
O72XXCONTROLE AÉREO / SUPORTE AÉREO / GUERRA ANTIÁRIA / AÉREOX
E72XXCONTROLE AÉREO / SUPORTE AÉREO / GUERRA ANTIÁRIA / AÉREOX
O73XXOFICIAL DE NAVEGAÇÃO / EQUIPES DE VÔO INSCREVIDASX
C73XXOFICIAL DE NAVEGAÇÃO / EQUIPES DE VÔO INSCREVIDASX
E73XXOFICIAL DE NAVEGAÇÃO / EQUIPES DE VÔO INSCREVIDASX
O75XXPILOTOS / OFICIAIS DE VOO NAVALX
O80XXREQUISITOS DIVERSOS MOS X
E80XXREQUISITOS DIVERSOS MOS X
E81XXMISCELÂNEOS REQUISITOS MOS X
O82XXMISCELÂNEA REQUISITOS MOS X
E84XXREQUISITOS DIVERSOS MOS X
E85XXREQUISITOS DIVERSOS MOS X
E86XXMISCELÂNEOS REQUISITOS MOS X
E87XXMISCELÂNEOS REQUISITOS MOS X
O88XXMISCELÂNEA REQUISITOS MOS X
E89XXMISCELÂNEA REQUISITOS MOS X
O97XXRELATANDO MOS X
E99XXESTAGIÁRIO X
Lista de exposição ao ruído do serviço militar de alistamento da Força Aérea
AFSC & # 8211 TÍTULO DO TRABALHOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
1A0X1 & # 8212 Reabastecimento em vôoX
1A1X1 & # 8212 Engenheiro de vôoX
1A2X1 & # 8212 LoadmasterX
1A3X1 & # 8212 Sistemas de comunicações aerotransportadasX
1A4X1 & # 8212 Gerenciamento de batalha aerotransportadaX
1A5X1 & # 8212 Sistemas de missões aerotransportadasX
1C0X1 & # 8212 Gestão do campo de aviaçãoX
1C0X2 & # 8212 Gestão de Recursos de Operações X
1C1X1 & # 8212 Controle de tráfego aéreoX
1C2X1 & # 8212 Controle de combateX
1C3X1 & # 8212 Posto de comando X
1C4X1 & # 8212 Comando e Controle Tático AéreoX
1C5X1 & # 8212 Controle Aeroespacial e Sistemas de AlertaX
1C6X1 & # 8212 Operações de sistemas espaciaisX
Aplicativos de inteligência 1N0X1 e # 8212 X
Análise de imagens 1N1X1 & # 8212 X
Produção de Inteligência de Sinais 1N2X1 & # 8212 X
1N3X1 & # 8212 linguista criptológico germânico X
1N3X2 & # 8212 Romance criptológico linguista X
1N3X3 & # 8212 Linguista Criptológico Eslavo X
1N3X4 & # 8212 Linguista de Criptologia do Extremo Oriente X
1N3X5 & # 8212 Linguista criptológico do Oriente Médio X
Análise de Inteligência de Sinais 1N4X1 & # 8212 X
1N5X1 & # 8212 Exploração de Inteligência de Sinais EletrônicosX
Avaliação de segurança do sistema eletrônico 1N6X1 & # 8212 X
1S0X1 & # 8212 SegurançaX
1T0X1 & # 8212 Treinamento de sobrevivência, evasão, resistência e fuga X
1T1X1 & # 8212 Suporte de vida da tripulação de ar X
1T2X1 & # 8212 PararescueX
1W0X1 & # 8212 Meteorologia X
2A0X1 & # 8212 Estação de teste de aviônica e componentesX
Manutenção de sensores aviônicos 2A1X1 & # 8212X
2A1X2 & # 8212 Sistemas de orientação e controle de aviônicosX
Sistemas de comunicação e navegação 2A1X3 e # 8212X
2A1X4 & # 8212 Sistemas de radar de vigilância aerotransportadaX
2A1X7 & # 8212 Sistemas de guerra eletrônicaX
2A3X1 & # 8212 F-15 / F-111 Avionics SystemsX
2A3X2 & # 8212 (F-16, F-117, CV-22 Avionic SystemsX
2A3X3 & # 8212 Manutenção de aeronaves táticasX
2A4X1 & # 8212 Orientação de aeronave e controle de ampX
2A4X2 & # 8212 Sistemas de comunicação e navegação de aeronavesX
2A5X1 & # 8212 Manutenção AeroespacialX
Manutenção de helicóptero 2A5X2 e # 8212X
2A5X3 & # 8212 Sistemas Aviônicos de BombardeiroX
2A6X1 & # 8212 Propulsão AeroespacialX
2A6X2 & # 8212 Equipamento terrestre aeroespacialX
2A6X3 & # 8212 Sistemas de saída de tripulação de arX
2A6X4 & # 8212 Sistemas de combustível de aeronaveX
2A6X5 & # 8212 Sistemas Hidráulicos de AeronavesX
2A6X6 & # 8212 Sistemas elétricos e ambientais de aeronavesX
Tecnologia de metais de aeronaves 2A7X1 & # 8212X
2A7X2 & # 8212 Inspeção Não DestrutivaX
2A7X3 & # 8212 Manutenção Estrutural de AeronavesX
2A7X4 & # 8212 Equipamento de sobrevivênciaX
2E0X1 & # 8212 Sistemas de radar terrestreX
2E1X1 & # 8212 satélite e equipamento de comunicações de banda larga X
2E1X2 & # 8212 Sistemas Meteorológicos e de Navegação X
2E1X3 & # 8212 Ground Radio Communications X
2E1X4 & # 8212 Sistemas de Detecção de Imagens Visuais e Intrusão X
2E2X1 & # 8212 Computador Eletrônico e Sistemas de Comutação X
2E3X1 & # 8212 Sistemas de comunicação seguros X
2E4X1 & # 8212 Sistemas Espaciais X
Sistemas de antena de comunicação 2E6X1 e # 8212 X
Sistemas de cabo de comunicação 2E6X2 e # 8212 X
Sistemas de telefone 2E6X3 e # 8212 X
2E8X1 & # 8212 Instrumentação e telemetria X
Combustíveis 2F0X1 & # 8212 X
Planos de Logística 2G0X1 & # 8212 X
2M0X1 & # 8212 Mísseis e sistemas espaciais de manutenção eleitaX
2M0X2 & # 8212 Manutenção de sistemas espaciais e de mísseisX
2M0X3 & # 8212 Mísseis e Instalações EspaciaisX
2P0X1 & # 8212 Laboratório de equipamentos de medição de precisão X
2R0X1 & # 8212 Analista de sistemas de dados de manutenção X
2R1X1 & # 8212 Programação de manutenção X
2S0X1 & # 8212 Gerenciamento de suprimentos X
2S0X2 & # 8212 Analista de Sistemas de Abastecimento X
2T0X1 & # 8212 Gerenciamento de tráfego X
Operações de veículos 2T1X1 e # 8212 X
2T2X1 & # 8212 Transporte Aéreo X
2T3X1 & # 8212 Manutenção de veículos e equipamentos para fins especiais X
2T3X2 & # 8212 Manutenção de veículos especiais X
2T3X4 & # 8212 Mecânico de veículos de uso geral X
2T3X5 e # 8212 Manutenção da carroceria do veículo X
2T3X7 e # 8212 Controle de manutenção de veículos e análise de amp X
2W0X1 & # 8212 Sistemas de muniçõesX
2W1X1 & # 8212 Sistemas de armamento de aeronavesX
2W2X1 e # 8212 Armas NuclearesX
3A0X1 & # 8212 Gerenciamento de informações X
3C0X1 & # 8212 Comunicação - Operações de sistemas de computador X
3C0X2 & # 8212 Comm-Computer Systems Programming X
3C1X1 & # 8212 Sistemas de comunicação de rádio X
3C1X2 & # 8212 Gerenciamento de espectro eletromagnético X
3C2X1 & # 8212 Comunicação - Controle de sistemas de computador X
3C3X1 & # 8212 Comm-Comp Sys Planning & amp Implementation X
3E0X1 & # 8212 Elétrica X
3E0X2 & # 8212 Produção de energia elétrica X
3E1X1 & # 8212 Aquecimento, ventilação, AC e refrigeração de amp X
3E2X1 & # 8212 Equipamento de pavimentação e construção X
3E3X1 & # 8212 Estrutural X
3E4X1 & # 8212 Sistemas utilitários X
3E4X2 & # 8212 Manutenção de sistemas de combustível líquido X
3E4X3 & # 8212 Ambiental X
Engenharia 3E5X1 & # 8212 X
3E6X1 & # 8212 Gestão de Operações X
3E7X1 & # 8212 Proteção contra incêndioX
3E8X1 & # 8212 Eliminação de material bélico explosivoX
Prontidão 3E9X1 & # 8212 X
3H0X1 & # 8212 Historiador X
Serviços 3M0X1 e # 8212 X
3N0X1 & # 8212 Relações Públicas X
3N0X2 & # 8212 Transmissão de rádio e televisão X
3N1X1 & # 8212 Banda Regional X
Banda 3N2X1 e # 8212 Premier X
3P0X1 & # 8212 Forças de segurança X
3S0X1 & # 8212 Pessoal X
3S0X2 & # 8212 Gestão de Sistemas de Pessoal (PSM) X
3S1X1 & # 8212 Oportunidade militar igual X
3S2X1 & # 8212 Educação e treinamento X
3V0X1 & # 8212 Informações visuais X
3V0X2 & # 8212 Still Photographic X
3V0X3 & # 8212 Produção de Informação Visual - Documentação X
4A0X1 & # 8212 Gestão de Serviços de Saúde X
4A1X1 & # 8212 Medical Materiel X
4A2X1 & # 8212 Equipamento Biomédico X
4B0X1 & # 8212 Engenharia Bioambiental X
4C0X1 & # 8212 Serviço de saúde mental X
4D0X1 & # 8212 Dietoterapia X
4E0X1 & # 8212 Saúde Pública X
4F0X1 & # 8212 AeromédicoX
Laboratório Cardiopulmonar 4H0X1 & # 8212 X
4J0X1 & # 8212 Terapia Ocupacional X
4J0X2 & # 8212 Fisioterapia X
4M0X1 & # 8212 Fisiologia Aeroespacial X
4N0X1 & # 8212 Serviço Médico X
4N1X1 & # 8212 Serviço Cirúrgico X
Farmácia 4P0X1 & # 8212 X
4R0X1 & # 8212 Diagnóstico por Imagem X
Laboratório Médico 4T0X1 & # 8212 X
Histopatologia 4T0X2 & # 8212 X
4T0X3 & # 8212 Citotecnologia X
4U0X1 & # 8212 Orthotic X
4V0X1 & # 8212 Optometria X
4Y0X1 & # 8212 Assistente Odontológico X
Laboratório dentário 4Y0X2 & # 8212 X
5J0X1 & # 8212 Paralegal X
5R0X1 & # 8212 Suporte de serviço de capelão X
6C0X1 & # 8212 Contratação X
6F0X1 & # 8212 Gestão Financeira e Controladoria X
7S0X1 & # 8212 Investigações Especiais X
8A000 e # 8212 comissário de bordoX
8B000 e # 8212 Instrutor de treinamento militar X
8B100 e # 8212 Líder de treinamento militar X
8C000 e # 8212 Centro de Apoio à Família X
8D000 & # 8212 Linguist Debriefer / Interrogator X
8E000 e # 8212 Artesão de Pesquisa e Desenvolvimento X
8F000 e # 8212 Primeiro Sargento X
8G000 e # 8212 Guarda de Honra da USAF X
8J000 e # 8212 Supervisor de Custódia Correcional X
Especialista postal 8M000 e # 8212 X
8P000 e # 8212 Courier X
Especialista em defesa 8P100 e # 8212 X
8R000 e # 8212 Recrutador X
8S000 & # 8212 Missile Facility ManagerX
Operador do sensor 8S100 & # 8212 X
8T000 e # 8212 Instrutor de Educação Militar Profissional X
9A000 & # 8212 Aguardando Retreinamento - Razões além do controle X
9A100 & # 8212 Aguardando Retreinamento & # 8211 Razões dentro do controle X
9A200 & # 8212 Aguardando alta / separação / aposentadoria por motivos sob seu controle X
9A300 & # 8212 Aguardando alta / separação / aposentadoria por motivos fora de seu controle X
9C000 & # 8212 CMSgt da Força Aérea X
9D000 & # 8212 Gerente de dormitório X
9E000 e # 8212 Chefe do Comando Sargento Mestre X
9G000 e # 8212 Airman Aide X
9J000 & # 8212 Prisioneiro X
9L000 & # 8212 Intérprete / Tradutor X
9P000 & # 8212 Paciente X
9R000 & # 8212 Civil Air Patrol (CAP) -USAF Reserve Assistance NCOs X
9S100 & # 8212 Especialista em aplicações técnicas X
9T000 e # 8212 Basic Airman X
9T100 & # 8212 Oficial Trainee X
9T200 e # 8212 Cessionário Pré-cadete X
9U000 & # 8212 Inelegível para utilização local X
9U100 & # 8212 Aviador não atribuído X
Lista de exposição ao ruído do MOS de dever de oficial da Força Aérea
AFSC CARGOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
10C0Comandante de OperaçõesX
11AXPiloto de transporte aéreoX
11BXPiloto de bombardeiroX
11EXPiloto de testeX
11FXPiloto de caçaX
11GXPiloto GeneralistaX
11HXPiloto de helicópteroX
11KXPiloto instrutorX
11RXPiloto de guerra de reconhecimento / sobrevivência / eleiçãoX
11SXPiloto de Operações EspeciaisX
11TXPiloto tanque, C-12 CTPX
12AXAirlift NavigatorX
12BXBomber NavigatorX
12EXNavegador de TesteX
12FXFighter NavigatorX
12GXGeneralist NavigatorX
12KXTrainer NavigatorX
12RXRecce / Surv / Elect Warfare NavigatorX
12SXNavegador de Operações EspeciaisX
12TXNavegador TanqueX
13AXAstronautaX
13BXAir Battle ManagerX
13DXControle de CombateX
13MXOperação de campo de aviaçãoX
13SXEspaço e míssil X
14NXInteligência X
15WXClima X
16FXÁrea Estrangeira X
16GXOficial do Estado-Maior de Operações da Força Aérea X
16PXAssuntos político-militares internacionais X
16RXPlanejamento e programação X
20C0Comandante de Logística X
21LXLogística X
H21BXManutençãoX
21MXManutenção de munições e mísseisX
H21RXProntidão Logística X
30C0Comandante de Apoio X
31PXForças de segurançaX
32EXEngenheiro civil X
33C0Comandante de Comunicações X
33SXComunicações e Informações X
34MXServiços X
35BXBanda X
35PXRelações Públicas X
36MXApoio à missão X
36PXPessoal X
38MXMão de obra X
40C0Comandante Médico X
41AXAdministrador de serviços de saúde X
42BXFisioterapeuta X
42EXOptometrista X
42FXPodólogo X
42GXAssistente médico X
42NXAudiologia / Fonoaudióloga X
42PXPsicólogo clínico X
42SXAssistente Social Clínico X
42TXTerapeuta ocupacional X
43AXFisiologista Aeroespacial X
43BXCientista Biomédico X
43DXDietista X
43EXEngenheiro bioambiental X
43HXSaúde pública X
43MXEntomologista Médica X
43PXFarmacêutico X
43TXLaboratório Biomédico X
43VXClínica Veterinária X
43YXFísico da saúde X
44AXChefe, Hospital / Serviços Clínicos X
44BXMedicina preventiva X
44DXPatologista X
44EXMédico de serviços de emergência X
44FXFísica familiar X
44GXMédico de clínica geral X
44HXMédico de medicina nuclear X
44JXGeneticista Clínico X
44KXPediatra X
44MXInterno X
44NXNeurologista X
44PXPsiquiatra X
44RXRadiologista Diagnóstico X
44SXDermatologista X
44TXRadioterapeuta X
44UXMedicina Ocupacional X
44YXMedicina de cuidados intensivos X
44ZXAlergista X
45AXAnestesista X
45BXCirurgião ortopédico X
45EXOftalmologista X
45GXOB / GYN X
45NXOtorrinolaringologista X
45PXMédico de medicina física X
45SXCirurgião X
45UXUrologista X
46AXEnfermeira Administradora X
46FXEnfermeira de Voo X
46GXEnfermeira Parteira X
46MXEnfermeira Anestesista X
46NXEnfermeira Clínica X
46PXEnfermeira de Saúde Mental X
46SXEnfermeira da sala de cirurgia X
47BXOrtodontista X
47DXPatologista Oral e Maxilofacial X
47EXEndodontista X
47GXDentista X
47HXPeriodontista X
47KXDentista pediatra X
47PXProtesista X
47SXCirurgião oral X
48AXEspecialista em Medicina Aeroespacial X
48GXOficial Médico Geral (GMO) X
48RXCirurgião de voo treinado em residência X
48VXMédico Piloto X
51JXJuiz Advogado X
52RXCapelão X
60C0Diretor de programa X
61SXCientista X
62EXEngenheiro de Desenvolvimento X
63AXGerente de Aquisição X
64PXContratante X
65AXAuditor X
65FXGestão financeira X
65WXAnálise de Custo X
71SXInvestigador especial X
80C0Comandante, Esquadrão de Cadetes, USAFA X
81C0Comandante de treinamento, OTS X
81T0Instrutor X
82A0Gerente de Programa Acadêmico X
83R0Serviço de recrutamento X
84H0Historiador X
85G0Guarda de Honra da USAF X
86M0Gerenciamento de operações X
86P0Comando e controle X
87G0Inspetor geral X
88A0Ajudante de campo X
88P0Protocolo X
90G0Diretor Geral X
91C0Comandante X
91W0Comandante de voo X
92J0Advogado não designado X
92J1AFROTC Estudante de Direito do Atraso Educacional X
92J2Estudante de Direito com Financiamento do Programa de Educação Legal X
92J3Excesso de licença estudante de direito X
92M0Estudante de Medicina do Programa de Bolsas de Estudo das Profissões Heath (HPSP) X
92M1Estudante de Uniformed Services University of Health Sciences X
92M2HPSP Estudante de Ciências Biomédicas X
92R0Candidato a Capelão X
92S0Autorização de Funcionário Aluno X
92T0Trainee PilotoX
92T1Estagiário NavigatorX
93P0Paciente X
94N0Custodiante de armas nucleares X
95A0Serviço Ativo Não Prolongado Academia USAFR / Oficial de Ligação CAP X
96D0Desligado, não disponível no AFSC concedido por justa causa X
96U0Oficial não classificado X
96V0Não atribuído X
97E0Diretor Executivo acima do nível da asa X
Lista de exposição ao ruído do Serviço da Guarda Costeira MOS
CLASSIFICAÇÕESCARGOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
AMTTÉCNICO DE MANUTENÇÃO DE AVIAÇÃOX
AETTÉCNICO DE AVIAÇÃO ELÉTRICAX
ASTTÉCNICO DE SOBREVIVÊNCIA DE AVIAÇÃOX
HSSERVIÇOS DE SAÚDE X
MSTTÉCNICO DE CIÊNCIAS MARINHAS X
MUMÚSICO X
PAESPECIALISTA EM ASSUNTOS PÚBLICOS X
SKGUARDAR DE LOJA X
FSESPECIALISTA EM SERVIÇOS DE ALIMENTOS X
YNYEOMAN X
BMBOATSWAINES MATEX
GMGUNNERS MATEX
SOESPECIALISTA EM OPERAÇÕES X
ÉESPECIALISTA INTELLIGNECE X
DCCONTROLADOR DE DANOSX
EMELETRICISTAS X
ETTÉCNICO EM ELETRÔNICA X
MKTÉCNICO DE MÁQUINASX
ISTOTÉCNICO DE SISTEMAS DE INFORMAÇÃO X
PSPORT SECURITYMAN X
4INVESTIGADOR X
FTTÉCNICO DE CONTROLE DE INCÊNDIO (VER ET) X
QMQUARTERMASTER (VER OS e amp BM) X
RDRADARMAN (VER OS) X
ISTOTÉCNICO DE PROCESSAMENTO DE DADOS X
Lista de exposição ao ruído do Serviço da Marinha Mercante MOS
AVALIAÇÃOCARGOMUITO PROVÁVELMODERADOBAIXO
BMBOATSWAINES MATEX
COMOCAPAZ DE MARINHEIROS (ESPECILISTAS DE TRABALHO QUALIFICADOS) X
SOMARINHEIRO ORDINÁRIO (ESPECIALISTA EM TRABALHO NÃO QUALIFICADO) X
MÃOS DE CONVÉS X
MÃOS DE ENGENHARIAX
NAVIGADORES X


DEVER ATIVO DA FORÇA AÉREA

Com um emprego de tempo integral na Força Aérea, você recebe treinamento no trabalho incomparável e benefícios como 30 dias de férias remunerados a cada ano, até 100% do reembolso de mensalidades, auxílio moradia e aposentadoria.

GUARDA NACIONAL DO AR

Como parte dos governos estadual e federal, a Guarda Aérea Nacional dá a você a oportunidade de servir ao seu país e à sua comunidade. Você será capaz de prosperar em sua vida doméstica e carreira civil enquanto ainda serve seu país e ganha benefícios significativos.

RESERVA DE FORÇA AÉREA

A Reserva da Força Aérea oferece a você a oportunidade de desempenhar um papel crucial na defesa de nossa nação, enquanto vive em casa e serve localmente. Você pode seguir sua carreira ou educação civil enquanto desfruta dos benefícios do serviço militar.

SERVIÇO CIVIL DE FORÇA AÉREA

O Serviço Civil da Força Aérea oferece a você a oportunidade de apoiar e sustentar a missão da Força Aérea sem uniforme, trabalhando ombro a ombro com militares da ativa para defender e proteger nossa nação.


Lista do USMC de especialidades ocupacionais militares (MOS)

Como o Exército, os fuzileiros navais dividem seus empregos alistados em MOS, ou "Especialidades de Ocupação Militar". No Corpo de Fuzileiros Navais, os MOS são códigos de QUATRO dígitos usados ​​para organizar e designar a variedade de empregos e habilidades oferecidas no USMC.

Os fuzileiros navais agrupam MOSs com funções semelhantes em grupos chamados "Campos Ocupacionais" e são representados pelos primeiros DOIS dígitos do MOS. Abaixo estão os primeiros dois dígitos do MOS. Eles identificam um agrupamento de MOSs relacionados. Os códigos de trabalho são identificados nos últimos dois dígitos e representam um trabalho específico dentro desse campo. O primeiro emprego que você recebe no Corpo de Fuzileiros Navais será conquistado após o campo de treinamento e pode envolver treinamento e educação de operador avançado. Será chamado de Especial Marítimo Ocupacional Primário (PMOS). Conforme sua carreira avança e você realiza um treinamento mais avançado, você também pode ganhar MOSs adicionais. Um MOS Adicional (AMOS), um Designador de Habilidade ou MOS de Categoria II denotam atribuições de habilidades especiais e deveres realizados durante uma excursão especial ou programa de treinamento.

Por exemplo, um trabalho dentro do terceiro MOS (03) é o campo de carreira de infantaria. O código 0311 é um Rifleman, o código 0321 é um RECON Marine e o Código MARSOC é o 0372 (Critical Skills Operator).

A criação do 0372 MOS foi uma resposta ao desejo dos fuzileiros navais do MARSOC de permanecer no MARSOC com um MOS que lhes permitisse uma carreira dedicada às Operações Especiais.

Novas mudanças em algumas especialidades ocupacionais militares
Anteriormente, os fuzileiros navais que se qualificaram como um MarSOC Marine Raider tiveram que voltar aos empregos regulares do Corpo de Fuzileiros Navais para progredir na carreira. Muitos voltaram para a Infantaria ou RECON MOS, mas agora se um fuzileiro naval assim escolher, ele / ela pode permanecer no Comando de Operações Especiais dos Fuzileiros Navais durante todo o seu alistamento. Agora os oficiais podem fazer a mesma coisa. Os oficiais da Marinha, em especial, tiveram que voltar a empregos anteriores em oleodutos, como infantaria ou artilharia, por exemplo. Agora, depois de um fuzileiro naval cumprir de três a quatro anos na ativa, ele / ela é elegível para o MarSOC pelo resto de sua carreira.

Abaixo estão os campos ocupacionais para empregos alistados no Corpo de Fuzileiros Navais. Clique em cada número de campo para obter uma lista de cada MOS (trabalho) que se enquadra nesse campo:


Morane-Saulnier Tipo AF (MoS 28) - História

O Corpo de Fuzileiros Navais é tão capaz quanto cada fuzileiro naval. Para esse fim, os fuzileiros navais recebem funções específicas para as quais são treinados de maneira ideal. Cada um fazendo uma diferença crítica em uma luta coletiva, os fuzileiros navais desenvolvem habilidades em especialidades ocupacionais militares (MOSs) específicas e devem se tornar especialistas em seus respectivos campos. Juntos, os fuzileiros navais oferecem a experiência que nossa nação exige em mais de 300 disciplinas, combinando esforços para se tornar uma força diversamente talentosa e inabalável.


Indice

Dopo il buon successo ottenuto con la realizzazione del Type G, l'azienda francese pianificò di svilupparne un modello derivato, sostanzialmente símile ma destinato a migliorarne ancora prestazioni e caratteristiche. Il nuovo modello, realizzato con struttura in legno ricoperta in screen trattata ed identificato come Type H, manteneva la configurazione monoplana del suo predecessore, con l'ala posizionata medio-alta sulla fusoliera, controventata superiormente ed inferiormente de uma série de cavetti em acciaio, ma dall'apertura ridotta. Il Type H inoltre, a differenza del modello da cui derivava, presentava un singolo abitacolo al posto dei due posizionati in tandem, mentre per il carrello d'atterraggio la soluzione era identica, un semplice biciclo anteriore integrato de un pattino d'appoggio sotto la coda.

Il prototipo venne portato in volo per la prima volta nel corso del 1913 con buoni risultati ed avviato alla produzione in serie sia dalla stessa Morane-Saulnier che, aquisita la licenza di producione, nel Regno Unito e nell'Impero tedesco rispettivamente dalla Grahame-White e dalla Pfalz-Flugzeugwerke. Quest'ultima ne ricaverà una serie di modelli derivati ​​equipaggiati con motori di produzione locale sempre mais potenti che, una volta installati un mitragliatrice LMG 08/15 ed un dispositivo di sincronizzazione divennero, con la disegnandone Idflieg EI (e sucessivi), tra i primi caccia a disposizione della Luftstreitkräfte [4].

Il Type H iniziò ad essere utilizado in field sportivo, condotto dai propri piloti alle prime manifestazioni and competizioni aeree. In una di queste, nel secondo aeroraduno internazionale tenutosi a Wiener Neustadt nel giugno 1913, Roland Garros riuscì ad aggiudicarsi il primo premio nella prova di atterraggio di precisione. [5]

L'Armée de terre, l'esercito francese, intenzionato ad equipaggiarsi per la guerra aerea, sottoscrisse un ordine por 26 esemplari da destinare al Service Aéronautique. Analogamente favorece o Exército Britânico, l'esercito del Regno Unito, che ne acquistò un piccolo number of destinare al Royal Flying Corps diretamente dall'azienda francese ed in Seguito dalla britannica Grahame-White che ne aveva acquistato la licenza. [3]

Gli esemplari in dotazione al Service Aéronautique furono gli unici ad essere utilizzati in operazioni belliche durante le fasi iniziali della prima guerra mondiale e, essendo sprovvisti di armamento, ingaggiarono combattimenti aerei com i loro avversari solamente com l'azle del a rivoltelle loro piloti. [3]

Oltre all'esemplare esposto in show statica presso il Musée de l'air et de l'espace, museu aeronáutico ospitato nella struttura dell'Aeroporto di Parigi-Le Bourget, nel 1988 è stata realizzata parte una replica volante, esemplare facente del Musée Volant (museo volante) dell'Amicale Jean-Baptiste Salis, organizzazione che si occupa della preservazione di modelli storici. [6]


Indice

Nel 1910, Raymond Saulnier iniciou um trabalho de Louis Blériot, colaborando com toda a criação do Blériot XI [1].

Nel frattempo, Léon Morane, che aveva da poco preso il brevetto di pilota, stable un record mondiale di velocità aerea (il 16 luglio 1910) passando alla storia come il primo uomo che aveva infranto la barriera dei 100 chilometri orari [2], durante la Grande Semaine d'aviation de la Champagne, tenutasi a Douai in luglio. Lo stesso anno, Léon Morane avrebbe estabilito anche il record di altitudine, superando em 2 680 metri a bordo de um avião Blériot [3]. Ancora nel 1910, sulla tratta Parigi-Clermont-Ferrand, l'aviatore rischiò la morte insieme al fratello Robert Morane (que era anche pilota di auto), mentre i due volavano para o Grand Prix Michelin, schiantandosi a terra poiché l'aereo non rispondeva ai comandi [3].

Nel 1911, por dissidi nati dalla colaborazione com Louis Blériot, Raymond Saulnier se ne andò dalla Blériot Aéronautique [4], prese il brevetto di pilota e, coinvolgendo Léon Morane, suo collega presso la Blériot, fondò la Società Morane-Saulnier. Em seguito, ai due si sarebbe aggiunto il fratello di Léon, Robert [1].

La prima vittoria della Morane-Saulnier chega ao nel 1912, quando, a Issy-les-Moulineaux, Georges Legagneux, con un Morane-Saulnier Tipo H, raggiunge em 5 450 metros de altitude em Roland Garros il record che quest'ultimo aveva conquistato um Houlgate em um Blériot XI [5]. Interpellato dalla Morane-Saulnier, Garros decide di passare alla giovane marca che ha i suoi uffici no boulevard Péreire a Parigi: acquista a proprie spese l'aereo di Legagneux e parte por Tunisi pomba riconquista il proprio record, prima di un volo Tunisi-Roma nel dicembre 1912, che gli permetterà di diventare il primo uomo a volare senza scalo tra due continenti (Africa ed Europa) [6].

Sempre nel 1912 la Morane-Saulnier apresenta alla quarta Esposizione della locomozione aerea la linea di apparecchi di cui avrebbe fatto parte il famoso monoplano "Parasol" Morane-Saulnier Tipo L progettato de Saulnier, aereo nato come velivolo de ricorgiei cheun, tecnici come l'ala superiore rialzata, la protezione per l'elica del motore e l'eliminazione dell'ala inferiore che consentiva al pilota una maggiore visibilità, si sarebbero rivelati più tardi molto adatti in combattimento. Anche se, nel 1914, Raymond Saulnier depositou o brevetto de um dispositivo de sincronização de tiro atraiu o campo dell'elica, não é esta a ideia vincente para gli aerei Morane-Saulnier, bem como o blindaggio dell'elica com "deflettori" di acciaio destinati a devre i proiettili che avrebbero colpito l'elica em legno, sistema che sarà sperimentato de Roland Garros, montandolo sul proprio Morane-Saulnier Tipo L, e che gli procurerà tre vittorie em quindici giorni nell'aprile del 1915. Catturato nell'aprile de 1915. Catturato impadronitisi dell'aereo, i tedeschi aplicarono lo stesso sistema sul monoplano Fokker EI [7] Eppure, le autorità militari francesi non adottarono il sistema per gli aerei da guerra, ed esso fu montato solo su qualche Morane-Saulnier Type N, dai Britannici (che ribattezzarono l'aereo Bala per la forma della protezione dell'elica) [8] e dai Russi [9].

Nel 1918 Léon Morane morì di influenza spagnola.

Durante a segunda guerra mundial, a Morane-Saulnier produziu por l'esercito francese i Morane-Saulnier MS.406, che avevano diversas inovações, tra le quali il carrello retratil e che erano un'evoluzione del caccia Morane-Saulnier MS 405 [10 ] Em seguida, la fabbrica fu costretta a lavorare por gli occupanti tedeschi, producendo aerei, tra i quali il Fieseler Fi 156. Dopo la Liberazione la fabbricazione di questi apparecchi molto agili proseguì a beneficio dell'esercito francese, e l'aereo, maneggevole, dal decollo corto e dal buon field visivo, fu ribattezzato Morane-Saulnier MS.500 Criquet [11] montava un motore diverso (il radiale Salmson invece del motore Argus) e fu usado na guerra d'Indocina e na quella d'Algeria.

Durante o período de cinquanta, a sociedade realiza o bireattore quattro posti Morane-Saulnier MS.760 Paris, siga a direção dell'ingegnere Paul-René Gauthier, criador anche del caccia MS 4061 oltre al velivolo MS 800 Morane-Saulnier Rallye il cui prototipo il suo primo volo il 10 giugno 1959.

La Morane-Saulnier diventa uma filial da Sud Aviation de 20 de maio de 1965 e 1966 cede o posto a SOCATA.

Nel dicembre 2011 l'allora ministro della cultura e della comunicazione Frédéric Mitterrand inseriu nel patrimonio culturale francese classificandoli monumenti storici cinque aerei Morane-Saulnier (Morane-Saulnier Tipo AI - Morane-Saulnier MS.185 Avionnette - Morane-Saulnier MS.185.341 - Morane-Saulnier MS.185.341 - Morane-Saulnier -Saulnier MS.230 - Morane-Saulnier MS.500) ancora esistenti, parte della collezione dell'Amicale Jean-Baptiste Salis, associazione che si ocupa di preservare il patrimonio storico aeronáutico francese con sede presso l'aeroporto di La Ferté-Alais, um Cerny. [12].


Notas

Cronograma de imunização recomendado para crianças e adolescentes para idades de 18 anos ou menos, Estados Unidos, 2021

Para recomendações de vacinação para pessoas com 19 anos ou mais, consulte o Programa de Imunização de Adultos Recomendado, 2021.

Informações adicionais

O ACIP recomenda o uso de vacinas COVID-19 para todas as pessoas com 12 anos ou mais dentro do escopo da Autorização de Uso de Emergência para a vacina específica. A vacina COVID-19 e outras vacinas podem ser administradas no mesmo dia. Consulte a página Informações sobre o produto da vacina COVID-19 para obter informações adicionais sobre as vacinas COVID-19 autorizadas para uso nos Estados Unidos.

  • Consulte as declarações relevantes do ACIP para recomendações detalhadas.
  • Para obter informações sobre contra-indicações e precauções para o uso de uma vacina, consulte o Diretrizes gerais de boas práticas para imunização e declarações ACIP relevantes.
  • Para calcular os intervalos entre as doses, 4 semanas = 28 dias. Os intervalos de & ge4 meses são determinados pelos meses do calendário.
  • Dentro de um intervalo de números (por exemplo, 12 & ndash18), um travessão (& ndash) deve ser lido como & ldquothrough. & Rdquo
  • As doses de vacinas administradas até 4 dias antes da idade mínima ou intervalo são consideradas válidas. As doses de qualquer vacina administrada & ge5 dias antes da idade mínima ou intervalo mínimo não devem ser contadas como válidas e devem ser repetidas conforme apropriado para a idade. A dose repetida deve ser espaçada após a dose inválida pelo intervalo mínimo recomendado. Para obter mais detalhes, consulte a Tabela 3-1, idades recomendadas e mínimas e intervalos entre as doses da vacina, em Diretrizes gerais de boas práticas para imunização.
  • Informações sobre requisitos e recomendações de vacinação para viagens estão disponíveis em https://www.cdc.gov/travel/.
  • Para vacinação de pessoas com imunodeficiências, consulte a Tabela 8-1, Vacinação de pessoas com imunodeficiências primárias e secundárias, em Diretrizes gerais de boas práticas para imunização, and Immunization in Special Clinical Circumstances (In: Kimberlin DW, Brady MT, Jackson MA, Long SS, eds. Livro Vermelho: relatório de 2018 do Comitê de Doenças Infecciosas. 31ª ed. Itasca, IL: American Academy of Pediatrics, 2018: 67 & ndash111).
  • Para obter informações sobre a vacinação no contexto de um surto de doença evitável por vacina, entre em contato com o departamento de saúde local ou estadual.
  • O Programa Nacional de Compensação por Lesões por Vacinas (VICP) é uma alternativa sem culpa ao sistema legal tradicional para resolver reivindicações de lesões por vacinas. Todas as vacinas de rotina para crianças e adolescentes são cobertas pelo VICP, exceto a vacina pneumocócica polissacarídica (PPSV23). Para obter mais informações, consulte www.hrsa.gov/vaccinecompensation/index.html ícone externo.

Vacinação contra difteria, tétano e coqueluche (DTaP) (idade mínima: 6 semanas [4 anos para Kinrix ou Quadracel])

Vacinação de rotina

  • Série de 5 doses em 2, 4, 6, 15 e ndash 18 meses, 4 e ndash6 anos
    • Prospectivamente: A dose 4 pode ser administrada logo aos 12 meses de idade, se pelo menos 6 meses se passaram desde a dose 3.
    • Retrospectivamente: Uma 4ª dose que foi administrada inadvertidamente já aos 12 meses de idade pode ser contada se pelo menos 4 meses se passaram desde a dose 3.

    Vacinação de recuperação

    • A dose 5 não é necessária se a dose 4 foi administrada na idade de 4 anos ou mais e pelo menos 6 meses após a dose 3.
    • Para outras orientações de atualização, consulte a Tabela 2.

    Situações especiais

    • Tratamento de feridas em crianças com menos de 7 anos de idade com história de 3 ou mais doses de vacina contendo toxóide tetânico: Para todas as feridas, exceto feridas limpas e pequenas, administrar DTaP se houver mais de 5 anos desde a última dose da vacina contendo toxóide tetânico. Para obter informações detalhadas, consulte www.cdc.gov/mmwr/volumes/67/rr/rr6702a1.htm.

    Haemophilus influenzae vacinação tipo b (idade mínima: 6 semanas)

    Vacinação de rotina

    • ActHIB, Hiberix ou Pentacel: Série de 4 doses em 2, 4, 6, 12 e 15 meses
    • PedvaxHIB: Série de 3 doses em 2, 4, 12 e 15 meses

    Vacinação de recuperação

    • Dose 1 aos 7 anos& ndash11 meses: Administre a dose 2 pelo menos 4 semanas mais tarde e a dose 3 (dose final) aos 12 anos de idade e 15 meses ou 8 semanas após a dose 2 (o que ocorrer depois).
    • Dose 1 aos 12 anos& ndash14 meses: Administre a dose 2 (dose final) pelo menos 8 semanas após a dose 1.
    • Dose 1 antes dos 12 meses e dose 2 antes dos 15 meses: Administre a dose 3 (dose final) 8 semanas após a dose 2.
    • 2 doses de PedvaxHIB antes dos 12 meses de idade: Administre a dose 3 (dose final) aos 12 e ndash59 meses e pelo menos 8 semanas após a dose 2.
    • 1 dose administrada aos 15 meses de idade ou mais: Não são necessárias mais doses
    • Não vacinado aos 15 e 59 meses de idade: Administre 1 dose.
    • Crianças não vacinadas anteriormente com 60 meses ou maisque não são considerados de alto risco: Não requer vacinação de recuperação
    • Para outras orientações de atualização, consulte a Tabela 2.

    Situações especiais

    • Não vacinado ou apenas 1 dose antes dos 12 meses de idade: 2 doses, 8 semanas de intervalo
    • 2 ou mais doses antes dos 12 meses de idade: 1 dose pelo menos 8 semanas após a dose anterior

    As doses administradas dentro de 14 dias do início da terapia ou durante a terapia devem ser repetidas pelo menos 3 meses após o término da terapia.

    • Série de 3 doses com intervalo de 4 semanas começando 6 a 12 meses após o transplante bem-sucedido, independentemente do histórico de vacinação contra Hib
    • Não vacinado ou apenas 1 dose antes dos 12 meses de idade: 2 doses, 8 semanas de intervalo
    • 2 ou mais doses antes dos 12 meses de idade: 1 dose pelo menos 8 semanas após a dose anterior
    • Não vacinado ou apenas 1 dose antes dos 12 meses de idade: 2 doses, 8 semanas de intervalo
    • 2 ou mais doses antes dos 12 meses de idade: 1 dose pelo menos 8 semanas após a dose anterior
    • Não vacinado ou apenas 1 dose antes dos 12 meses de idade: 2 doses, 8 semanas de intervalo
    • 2 ou mais doses antes dos 12 meses de idade: 1 dose pelo menos 8 semanas após a dose anterior

    * Não vacinado = Menos do que a série de rotina (até a idade de 14 meses) OU nenhuma dose (idade de 15 meses ou mais)

    Vacinação contra hepatite A (idade mínima: 12 meses para vacinação de rotina)

    Vacinação de rotina

    Vacinação de recuperação

    • Pessoas não vacinadas até a idade de 18 anos devem completar uma série de 2 doses (intervalo mínimo: 6 meses).
    • Pessoas que receberam anteriormente 1 dose aos 12 meses de idade ou mais devem receber a dose 2 pelo menos 6 meses após a dose 1.
    • Adolescentes com 18 anos ou mais podem receber a vacina combinada HepA e HepB, Twinrix e reg , como uma série de 3 doses (0, 1 e 6 meses) ou uma série de 4 doses (3 doses a 0, 7 e 21 e 30 dias, seguidas por uma dose de reforço aos 12 meses).

    Viagem internacional

    • Pessoas que viajam ou trabalham em países com hepatite A endêmica alta ou intermediária
      (http://www.cdc.gov/travel/)
      • Bebês de 6 anos& ndash11 meses: 1 dose antes da partida revacinar com 2 doses, separadas por pelo menos 6 meses, entre a idade de 12 e 23 meses.
      • Idade não vacinada 12 meses ou mais: Administre a dose 1 assim que viajar for considerada.

      Vacinação contra hepatite B (idade mínima: nascimento)

      Dose de nascimento (vacina monovalente HepB apenas)

      • Mãe é HBsAg-negativa: 1 dose dentro de 24 horas após o nascimento para tudo bebês clinicamente estáveis ​​e ge2.000 gramas. Bebês & lt 2.000 gramas: Administre 1 dose com a idade cronológica de 1 mês ou alta hospitalar (o que ocorrer primeiro e mesmo se o peso ainda for & lt 2.000 gramas).
      • Mãe é HBsAg-positiva:
        • Administrador Vacina HepB e Imunoglobulina contra hepatite B (HBIG) (em membros separados) dentro de 12 horas após o nascimento, independentemente do peso ao nascer. Para bebês & lt 2.000 gramas, administrar 3 doses adicionais de vacina (total de 4 doses) começando com a idade de 1 mês.
        • Teste para HBsAg e anti-HBs com a idade de 9 e 12 meses. Se a série HepB for atrasada, teste 1 e ndash 2 meses após a dose final.
        • Administrador Vacina HepB dentro de 12 horas após o nascimento, independentemente do peso ao nascer.
        • Para bebês e lt 2.000 gramas, administrar HBIG além da vacina HepB (em membros diferentes) dentro de 12 horas após o nascimento. Administre 3 doses adicionais de vacina (total de 4 doses) começando com a idade de 1 mês.
        • Determine o status de HBsAg da mãe e do rsquos o mais rápido possível. Se a mãe for HBsAg-positiva, administrar HBIG para bebês e 2.000 gramas o mais rápido possível, mas não depois de 7 dias de idade.

        Série de rotina

        • Série de 3 doses aos 0, 1 e ndash2, 6 e ndash18 meses (use a vacina monovalente HepB para doses administradas antes das 6 semanas de idade)
        • Os bebês que não receberam uma dose ao nascer devem começar a série assim que possível (ver Tabela 2).
        • Administração de 4 doses é permitido quando uma vacina combinada contendo HepB é usada após a dose ao nascimento.
        • idade minima para a dose final (3ª ou 4ª): 24 semanas
        • Intervalos mínimos: dose 1 à dose 2: 4 semanas / dose 2 à dose 3: 8 semanas / dose 1 à dose 3: 16 semanas (quando 4 doses são administradas, substitua & ldquodose 4 & rdquo por & ldquodose 3 & rdquo nestes cálculos)

        Vacinação de recuperação

        • Pessoas não vacinadas devem completar uma série de 3 doses em 0, 1 & ndash2, 6 meses.
        • Adolescentes com 11 e 15 anos de idade podem usar um esquema alternativo de 2 doses com pelo menos 4 meses entre as doses (formulação para adultos Recombivax HB só).
        • Adolescentes com 18 anos ou mais podem receber uma série de 2 doses de HepB (Heplisav-B & reg) pelo menos 4 semanas de intervalo.
        • Adolescentes com 18 anos ou mais podem receber a vacina combinada HepA e HepB, Twinrix, como uma série de 3 doses (0, 1 e 6 meses) ou uma série de 4 doses (3 doses a 0, 7 e 21 e 30 dias, seguidas por uma dose de reforço aos 12 meses).
        • Para outras orientações de atualização, consulte a Tabela 2.

        Situações especiais

        • A revacinação geralmente não é recomendada para pessoas com um estado imunológico normal que foram vacinadas quando bebês, crianças, adolescentes ou adultos.
        • Revacinação pode ser recomendado para certas populações, incluindo:
          • Bebês nascidos de mães HBsAg-positivas
          • Pacientes em hemodiálise
          • Outras pessoas imunocomprometidas

          Vacinação contra o papilomavírus humano (idade mínima: 9 anos)

          Vacinação de rotina e recuperação

          • A vacinação contra o HPV é rotineiramente recomendada em 11 e 12 anos (pode começar aos 9 anos) e vacinação contra HPV de recuperação recomendada para todas as pessoas até os 18 anos de idade, se não adequadamente vacinada
          • Série de 2 ou 3 doses, dependendo da idade na vacinação inicial:
            • Idade 9 e 14 anos na vacinação inicial: Série de 2 doses em 0, 6 e ndash12 meses (intervalo mínimo: dose repetida de 5 meses se administrada muito cedo)
            • Idade 15 anos ou mais na vacinação inicial: Série de 3 doses em 0, 1 e ndash2 meses, 6 meses (intervalos mínimos: dose 1 à dose 2: 4 semanas / dose 2 à dose 3: 12 semanas / dose 1 à dose 3: 5 meses repetir a dose se administrada muito cedo)

            Situações especiais

            • Condições imunocomprometedoras, incluindo infecção por HIV: Série de 3 doses como acima
            • História de abuso ou agressão sexual: Comece aos 9 anos.
            • Gravidez: Vacinação contra HPV não recomendada até depois da gravidez, nenhuma intervenção necessária se vacinado durante a gravidez teste de gravidez não necessário antes da vacinação

            Vacinação contra influenza (idade mínima: 6 meses [IIV], 2 anos [LAIV4], 18 anos [vacina contra influenza recombinante, RIV4])

            Vacinação de rotina

            • Use qualquer vacina contra influenza apropriada para idade e estado de saúde anualmente:
              • 2 doses, separadas por pelo menos 4 semanas, por crianças de 6 meses e 8 anos que receberam menos de 2 doses da vacina contra influenza antes de 1º de julho de 2020, ou cujo histórico de vacinação contra influenza é desconhecido (administrar a dose 2 mesmo se a criança completar 9 anos entre o recebimento da dose 1 e da dose 2)
              • 1 dose para crianças de 6 meses e 8 anos que receberam pelo menos 2 doses de vacina contra influenza antes de 1 de julho de 2020
              • 1 dose para todas as pessoas com 9 anos ou mais

              Situações especiais

              • Alergia a ovo, apenas urticária: Qualquer vacina contra influenza apropriada para idade e estado de saúde anualmente
              • Alergia ao ovo com outros sintomas além de urticária (por exemplo, angioedema, dificuldade respiratória, necessidade de serviços médicos de emergência ou epinefrina): Qualquer vacina contra influenza apropriada para idade e estado de saúde anualmente. Se estiver usando uma vacina contra influenza diferente de Flublok ou Flucelvax, administrar em ambiente médico sob supervisão de um profissional de saúde que possa reconhecer e controlar reações alérgicas graves.
              • As reações alérgicas graves às vacinas podem ocorrer mesmo na ausência de uma história de reação alérgica anterior. Todos os provedores de vacinação devem estar familiarizados com o plano de emergência do consultório e certificados em ressuscitação cardiopulmonar.
              • Uma reação alérgica grave anterior à vacina contra influenza é uma contra-indicação para o recebimento futuro de qualquer vacina contra influenza.
              • LAIV4 não deve ser usado em pessoas com as seguintes condições ou situações:
                • História de reação alérgica grave a uma dose anterior de qualquer vacina contra influenza ou a qualquer componente da vacina (excluindo ovo, ver detalhes acima)
                • Recebendo aspirina ou medicamentos contendo salicilato
                • Idade 2 e 4 anos com história de asma ou chiado no peito
                • Imunocomprometido devido a qualquer causa (incluindo medicamentos e infecção por HIV)
                • Asplenia anatômica ou funcional
                • Contatos próximos ou cuidadores de pessoas gravemente imunossuprimidas que requerem um ambiente protegido
                • Gravidez
                • Implante coclear
                • Comunicação líquido cefalorraquidiano-orofaríngea
                • Crianças menores de 2 anos
                • Medicamentos antivirais para influenza recebidos oseltamivir ou zanamivir nas últimas 48 horas, peramivir nos 5 dias anteriores ou baloxavir nos 17 dias anteriores

                Vacinação contra sarampo, caxumba e rubéola (idade mínima: 12 meses para a vacinação de rotina)

                Vacinação de rotina

                • Série de 2 doses aos 12 & ndash15 meses, 4 & ndash6 anos
                • A dose 2 pode ser administrada 4 semanas após a dose 1.

                Vacinação de recuperação

                • Crianças e adolescentes não vacinados: série de 2 doses com pelo menos 4 semanas de intervalo
                • A idade máxima para uso do MMRV é 12 anos.

                Situações especiais

                Viagem internacional

                • Bebês de 6 anos& ndash11 meses: 1 dose antes da partida revacinar com séries de 2 doses aos 12 e 15 meses (12 meses para crianças em áreas de alto risco) e dose 2 logo 4 semanas depois.
                • Crianças não vacinadas com 12 meses ou mais: Série de 2 doses com pelo menos 4 semanas de intervalo antes da partida

                Vacinação meningocócica com sorogrupo A, C, W, Y (idade mínima: 2 meses [MenACWY-CRM, Menveo], 9 meses [MenACWY-D, Menactra], 2 anos [MenACWY-TT, MenQuadfi])

                Vacinação de rotina

                Vacinação de recuperação

                • Idade 13 e 15 anos: 1 dose agora e reforço aos 16 e 18 anos (intervalo mínimo: 8 semanas)
                • Idade 16 e 18 anos: 1 dose

                Situações especiais

                Uso de asplenia anatômica ou funcional (incluindo doença falciforme), infecção por HIV, deficiência persistente do componente do complemento, inibidor do complemento (por exemplo, eculizumabe, ravulizumabe):

                • Menveo
                  • Dose 1 às 8 semanas de idade: série de 4 doses aos 2, 4, 6, 12 meses
                  • Dose 1 aos 3 e 6 meses de idade: série de 3 ou 4 doses (dose 2 [e dose 3, se aplicável] pelo menos 8 semanas após a dose anterior até que uma dose seja recebida aos 7 meses de idade ou mais, seguida por uma dose adicional de pelo menos 12 semanas depois e após a idade de 12 meses)
                  • Dose 1 aos 7 anos de idade e 23 meses: série de 2 doses (dose 2 pelo menos 12 semanas após a dose 1 e após 12 meses de idade)
                  • Dose 1 aos 24 meses de idade ou mais: série de 2 doses com pelo menos 8 semanas de intervalo
                  • Deficiência persistente do componente do complemento ou uso de inibidor do complemento:
                    • Idade 9 e 23 meses: série de 2 doses com pelo menos 12 semanas de intervalo
                    • Idade 24 meses ou mais: série de 2 doses com pelo menos 8 semanas de intervalo
                    • Idade 9 e ndash23 meses: não recomendado
                    • Idade 24 meses ou mais: série de 2 doses com pelo menos 8 semanas de intervalo
                    • Menactra deve ser administrado pelo menos 4 semanas após a conclusão da série PCV13.
                    • Dose 1 aos 24 meses de idade ou mais: série de 2 doses com pelo menos 8 semanas de intervalo

                    Viajar em países com doença meningocócica hiperendêmica ou epidêmica, incluindo países no cinturão da meningite africano ou durante o Hajj
                    (http://www.cdc.gov/travel/):

                    • Crianças com menos de 24 meses:
                      • Menveo (idade 2 e ndash23 meses)
                        • Dose 1 às 8 semanas de idade: série de 4 doses aos 2, 4, 6, 12 meses
                        • Dose 1 aos 3 e 6 meses de idade: série de 3 ou 4 doses (dose 2 [e dose 3, se aplicável] pelo menos 8 semanas após a dose anterior até que uma dose seja recebida aos 7 meses de idade ou mais, seguida por uma dose adicional de pelo menos 12 semanas depois e após a idade de 12 meses)
                        • Dose 1 aos 7 anos de idade e 23 meses: série de 2 doses (dose 2 pelo menos 12 semanas após a dose 1 e após 12 meses de idade)
                        • Série de 2 doses (dose 2 pelo menos 12 semanas após a dose 1, a dose 2 pode ser administrada até 8 semanas após a dose 1 em viajantes)

                        Estudantes universitários do primeiro ano que moram em residências (se não foram previamente vacinados aos 16 anos ou mais) ou recrutas militares:

                        Vacinação de adolescentes de crianças que receberam MenACWY antes dos 10 anos de idade:

                        • Crianças para as quais reforços são recomendados devido a um aumento contínuo do risco de doença meningocócica (por exemplo, aqueles com deficiência de complemento, HIV ou asplenia): Siga o esquema de reforço para pessoas com risco aumentado.
                        • Crianças para as quais os reforços não são recomendados (por exemplo, uma criança saudável que recebeu uma dose única para viajar para um país onde a doença meningocócica é endêmica): Administrar MenACWY de acordo com o cronograma recomendado para adolescentes com dose 1 aos 11 & ndash12 anos e dose 2 aos 16 anos.

                        Nota: Menactra deve ser administrado antes ou ao mesmo tempo que o DTaP. Para MenACWY Dose de reforço recomendações para os grupos listados em & ldquoSituações especiais & rdquo e em um cenário de surto e informações adicionais sobre vacinação meningocócica, consulte https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/69/rr/rr6909a1.htm.

                        Vacinação meningocócica com sorogrupo B (idade mínima: 10 anos [MenB-4C, Bexsero MenB-FHbp, Trumenba])

                        Tomada de decisão clínica compartilhada

                        • Adolescentes sem risco aumentado idade 16 e 23 anos (idade preferida 16 e 18 anos) com base na tomada de decisão clínica compartilhada:
                          • Bexsero: Série de 2 doses com pelo menos 1 mês de intervalo
                          • Trumenba: Série de 2 doses com pelo menos 6 meses de intervalo se a dose 2 for administrada antes de 6 meses, administrar uma 3ª dose pelo menos 4 meses após a dose 2.

                          Situações especiais

                          Asplenia anatômica ou funcional (incluindo doença falciforme), deficiência persistente de componente do complemento, uso de inibidor do complemento (por exemplo, eculizumabe, ravulizumabe):

                          • Bexsero: Série de 2 doses com pelo menos 1 mês de intervalo
                          • Trumenba: Série de 3 doses em 0, 1 e ndash2, 6 meses

                          Bexsero e Trumenba não são intercambiáveis, o mesmo produto deve ser usado para todas as doses de uma série. Para MenB recomendações de dose de reforço para grupos listados em & ldquoSituações especiais & rdquo e em um cenário de surto e informações adicionais sobre vacinação meningocócica, consulte https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/69/rr/rr6909a1.htm.

                          Vacinação pneumocócica (idade mínima: 6 semanas [PCV13], 2 anos [PPSV23])

                          Vacinação de rotina com PCV13

                          Vacinação de recuperação com PCV13

                          • 1 dose para crianças saudáveis ​​de 24 e 59 meses com qualquer série incompleta * PCV13
                          • Para outras orientações de atualização, consulte a Tabela 2.

                          Situações especiais

                          Condições subjacentes abaixo: Quando PCV13 e PPSV23 são indicados, administrar PCV13 primeiro. PCV13 e PPSV23 não devem ser administrados na mesma consulta. Doença cardíaca crônica (particularmente doença cardíaca congênita cianótica e insuficiência cardíaca) doença pulmonar crônica (incluindo asma tratada com altas doses de corticosteroides orais) diabetes mellitus:

                          • Qualquer série incompleta * com:
                            • 3 doses de PCV13: 1 dose de PCV13 (pelo menos 8 semanas após qualquer dose anterior de PCV13)
                            • Menos de 3 doses de PCV13: 2 doses de PCV13 (8 semanas após a dose mais recente e administradas com 8 semanas de intervalo)
                            • Sem histórico de PPSV23: 1 dose de PPSV23 (pelo menos 8 semanas após completar todas as doses recomendadas de PCV13)

                            Vazamento de líquido cefalorraquidiano, implante coclear:

                            • Qualquer série incompleta * com:
                              • 3 doses de PCV13: 1 dose de PCV13 (pelo menos 8 semanas após qualquer dose anterior de PCV13)
                              • Menos de 3 doses de PCV13: 2 doses de PCV13 (8 semanas após a dose mais recente e administradas com 8 semanas de intervalo)
                              • Sem histórico de PCV13 ou PPSV23: 1 dose de PCV13, 1 dose de PPSV23 pelo menos 8 semanas depois
                              • Qualquer PCV13, mas nenhum PPSV23: 1 dose de PPSV23 pelo menos 8 semanas após a dose mais recente de PCV13
                              • PPSV23, mas sem PCV13: 1 dose de PCV13 pelo menos 8 semanas após a dose mais recente de PPSV23

                              Doença falciforme e outras hemoglobinopatias anatômicas ou funcionais asplenia congênita ou imunodeficiência adquirida infecção por HIV insuficiência renal crônica síndrome nefrótica neoplasias malignas, leucemias, linfomas, doença de Hodgkin e outras doenças associadas ao tratamento com medicamentos imunossupressores ou radioterapia mieloma múltiplo de transplante de órgão sólido:

                              • Qualquer série incompleta * com:
                                • 3 doses de PCV13: 1 dose de PCV13 (pelo menos 8 semanas após qualquer dose anterior de PCV13)
                                • Menos de 3 doses de PCV13: 2 doses de PCV13 (8 semanas após a dose mais recente e administradas com 8 semanas de intervalo)
                                • Sem história de PCV13 ou PPSV23: 1 dose de PCV13, 2 doses de PPSV23 (dose 1 de PPSV23 administrada 8 semanas após PCV13 e dose 2 de PPSV23 administrada pelo menos 5 anos após a dose 1 de PPSV23)
                                • Qualquer PCV13, mas nenhum PPSV23: 2 doses de PPSV23 (dose 1 de PPSV23 administrada 8 semanas após a dose mais recente de PCV13 e dose 2 de PPSV23 administrada pelo menos 5 anos após a dose 1 de PPSV23)
                                • PPSV23, mas sem PCV13: 1 dose de PCV13 pelo menos 8 semanas após a dose mais recente de PPSV23 e uma 2ª dose de PPSV23 administrada 5 anos após a dose 1 de PPSV23 e pelo menos 8 semanas após uma dose de PCV13

                                Doença hepática crônica, alcoolismo:

                                *Série incompleta = Não ter recebido todas as doses na série recomendada ou em uma série de recuperação apropriada para a idade. Consulte as tabelas 8, 9 e 11 nas recomendações da vacina pneumocócica ACIP (https://www.cdc.gov/mmwr/pdf/rr/rr5911.pdf ícone pdf) para detalhes completos do cronograma.

                                Vacinação contra poliovírus (idade mínima: 6 semanas)

                                Vacinação de rotina

                                • A série de 4 doses nas idades de 2, 4, 6 e ndash 18 meses, 4 e ndash6 anos administrar a dose final em ou após a idade de 4 anos e pelo menos 6 meses após a dose anterior.
                                • 4 ou mais doses de IPV podem ser administradas antes dos 4 anos de idade, quando uma vacina combinada contendo IPV é usada. No entanto, uma dose ainda é recomendada a partir dos 4 anos de idade e pelo menos 6 meses após a dose anterior.

                                Vacinação de recuperação

                                • Nos primeiros 6 meses de vida, use as idades e intervalos mínimos apenas para viajar para uma região endêmica de pólio ou durante um surto.
                                • A IPV não é recomendada rotineiramente para residentes dos EUA com 18 anos ou mais.

                                Série contendo vacina oral contra a poliomielite (OPV), série OPV-IPV mista ou apenas OPV:

                                • O número total de doses necessárias para completar a série é o mesmo recomendado para o esquema de IPV dos EUA. Consulte https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/66/wr/mm6601a6.htm.
                                • Apenas OPV trivalente (tOPV) conta para os requisitos de vacinação dos EUA.
                                  • As doses de OPV administradas antes de 1º de abril de 2016 devem ser contadas (a menos que especificamente indicado como administrado durante uma campanha).
                                  • As doses de OPV administradas em ou após 1º de abril de 2016 não devem ser contadas.
                                    Para obter orientação para avaliar as doses documentadas como & ldquoOPV, & rdquo, consulte http://www.cdc.gov/mmwr/volumes/66/wr/mm6606a7.htm.

                                  Vacinação contra rotavírus (idade mínima: 6 semanas)

                                  Vacinação de rotina

                                  • Rotarix: Série de 2 doses em 2 e 4 meses
                                  • RotaTeq: Série de 3 doses em 2, 4 e 6 meses
                                  • Se alguma dose da série for RotaTeq ou desconhecido, padrão para séries de 3 doses.

                                  Vacinação de recuperação

                                  • Não comece a série em ou após a idade de 15 semanas, 0 dias.
                                  • A idade máxima para a dose final é de 8 meses e 0 dias.
                                  • Para outras orientações de atualização, consulte a Tabela 2.

                                  Vacinação contra tétano, difteria e coqueluche (Tdap) (idade mínima: 11 anos para a vacinação de rotina, 7 anos para a vacinação de recuperação)

                                  Vacinação de rotina

                                  • Adolescentes com 11 e 12 anos: 1 dose Tdap
                                  • Gravidez: 1 dose Tdap durante cada gravidez, de preferência durante a parte inicial das semanas de gestação 27 e 36
                                  • Tdap pode ser administrado independentemente do intervalo desde a última vacina contendo toxóide tetânico e diftérico.

                                  Vacinação de recuperação

                                  • Adolescentes com 13 e 18 anos que não receberam Tdap: 1 dose de Tdap, depois Td ou Tdap de reforço a cada 10 anos
                                  • Pessoas de 7 a 18 anos não totalmente vacinadas * com DTaP: 1 dose de Tdap como parte da série de recuperação (de preferência a primeira dose) se forem necessárias doses adicionais, use Td ou Tdap.
                                  • Tdap administrado aos 7 e 10 anos de idade
                                    • Crianças de 7 a 9 anos quem recebe Tdap deve receber a dose de Tdap de rotina aos 11 e 12 anos.
                                    • Crianças de 10 anos que recebem Tdap não precisam da dose de rotina de Tdap aos 11 e 12 anos.
                                    • Crianças de 7 a 9 anos: DTaP pode contar como parte de uma série de catch-up. Administre a dose Tdap de rotina aos 11 e 12 anos.
                                    • Crianças de 10 e 18 anos: Dose de contagem de DTaP como o reforço de Tdap adolescente.

                                    Situações especiais

                                    • Tratamento de feridas em pessoas de 7 anos ou mais com história de 3 ou mais doses de vacina contendo toxóide tetânico: Para feridas limpas e pequenas, administrar Tdap ou Td se mais de 10 anos desde a última dose da vacina contendo toxóide tetânico para todos os outros feridas, administrar Tdap ou Td se houver mais de 5 anos desde a última dose da vacina contendo o toxóide tetânico. O Tdap é preferido para pessoas com 11 anos ou mais que não receberam Tdap anteriormente ou cuja história de Tdap é desconhecida. Se uma vacina contendo toxóide tetânico for indicada para uma adolescente grávida, use Tdap. Para obter informações detalhadas, consulte https://www.cdc.gov/mmwr/volumes/69/wr/mm6903a5.htm.

                                    * Totalmente vacinado = 5 doses válidas de DTaP OU 4 doses válidas de DTaP se a dose 4 foi administrada aos 4 anos de idade ou mais.

                                    Vacinação contra varicela (idade mínima: 12 meses)

                                    Vacinação de rotina

                                    • Série de 2 doses aos 12 & ndash15 meses, 4 & ndash6 anos
                                    • A dose 2 pode ser administrada 3 meses após a dose 1 (pode ser contada uma dose administrada após um intervalo de 4 semanas).

                                    Vacinação de recuperação

                                    • Garantir que pessoas com idade entre 7 e 18 anos sem evidência de imunidade (ver MMWR em http://www.cdc.gov/mmwr/pdf/rr/rr5604.pdf ícone pdf) tem uma série de 2 doses:
                                      • Idade 7 e 12 anos: intervalo de rotina: 3 meses (uma dose administrada após um intervalo de 4 semanas pode ser contada)
                                      • 13 anos ou mais: intervalo de rotina: 4 e ndash8 semanas (intervalo mínimo: 4 semanas)
                                      • A idade máxima para uso do MMRV é 12 anos.

                                      Indice

                                      A causa del rapido evolversi della tecnologia aeronáutica durante a primeira parte da guerra, nel tentativo di riequilibrare le forze in field sul fronte occidentale l'allora brigadeiro general Hugh Trenchard, visconte Trenchard, comandante dei Royal Flying Corps (RFC) em Francia dal 25 agosto de 1915 al 2 gennaio 1918, expresso l'esigenza di dotare i propri reparti di un modello di caccia mais eficaz.

                                      Um conto scopo il governo britânico si raccomandò di valutare la possibilità di abbinare alla cellula del Morane-Saulnier Tipo N il motore Le Rhône 9J de 110 hp (82 kW) em luogo del Le Rhône 9C de 80 hp (59,7 kW) del precedente modello, emettendo, nel gennaio 1916, una specifica in favore dell'azienda francese che prevedeva la fornitura di un prototipo destinato a prove di valutazione, ordine in seguito allargato ad altri 12 esemplari, indicati dall'azienda come Type I, da avviare alla produzione in serie nel marzo 1916. Lo sviluppo del modello fu affiancato dal Morane-Saulnier Type V, modello similare ma dalle dimensioni leggermente superiori e dotato di maggiore autonomia. [2]

                                      As prestações do Tipo V são melhores do Tipo I, de modo a obter o governo britânico modificò o suo ordine bloccando a produção do Tipo I dopo solo quattro esemplari costruiti.

                                      Il Tipo I conservava l'aspetto generale del modello dal quale era derivato, monomotore, monoposto e monoplano ad ala media, aerodinamicamente avanzato per il periodo ma oramai superato dalla migliore manovrabilità dei modelli a velatura biplana, e che mantenne per le sue caratteristiche un pilotaggio impegnativo a causa dell'alta velocità di atterraggio and del controllo basato sullo svergolamento alare.

                                      La fusoliera, realizzata con struttura in legno rivestita in tela, incorporava l'unico abitacolo destinato al pilota, aperto e collocato in corrispondenza dell'ala.

                                      La velatura era del tipo monoplana, anch'essa realizzata con struttura in legno rivestita in tela, collocata medioalta sulla fusoliera era priva di alettoni, e il controlo del rollio dipendeva de um sistema de svergolamento alare la deformazione delle estremitamento alari per garantire era svergolamento operata da alcuni tiranti che, assim come i cavi di controventatura che rinforzavano l'ala stessa, erano fissati alla sommità di una struttura piramidale collocata al disopra e davanti al posto di pilotaggio.

                                      Il carrello d'atterraggio era un semplice biciclo fisso, costituito de una struttura anteriore che collegava la parte inferiore della fusoliera all'assale rigido, amortizzato tramite elementi elastici, ai cui estremi erano collocate le due ruote, integrato de un pattino d'appoggio posto sotto la coda del velivolo.

                                      La propulsione era affidata a un motore Le Rhône 9J, un rotativo (a pistoni radiale) 9 cilindros raffreddato ad ária em grado di erogare una potenza nominale pari a 110 hp (82 kW) collocato sul naso del velivolo, pomba una cofanatura metallica aperta parzialmente verso il basso consentiva il migliore raffreddamento dei cilindri alettati, trasmetteva il moto a un'elica bipala in legno a passo fisso caratterizzata de uma grande protezione ogivale posta sul mozzo con funzioni aerodinamiche.

                                      L'armamento era baseado em un'unica mitragliatrice Vickers calibro .30 in (7,7 mm) collocata in caccia centralmente davanti al pilota, dotata di meccanismo di sincronizzazione dei colpi e sparante attraverso il disco dell'elica. [2]

                                      Todos os esemplari del Tipo I vennero consegnati ai reparti dei Royal Flying Corps dalla metà luglio 1916 [2] ed utilizzati in combattimento dall'ottobre di quello stesso anno.

                                      Almeno una delle fonti reperite indica l'esistenza di alcune fotografie testimonianti l'impiego di alcuni Tipo I nelle forze armate francesi [3], por quanto non vi siano riferimenti precisi al loro utilizzo operativo. La stessa fonte riporta anche dell'ordine di una ventina velivoli da parte delle forze russe, le cui prime consegne sarebbero avvenute sul finire de 1916 [4].


                                      Asas da Glória

                                      Estatísticas não oficiais
                                      Versão Disponibilidade Manobra Dano Pontos Dmg Alt Alt. Escalar
                                      arma traseira de dois lugares 14Q3-17Q2 XC - / B 10 9 7
                                      dois lugares, desarmado XC Nenhum 10 9 7
                                      monoposto XC B 10 9 7

                                      Cartões de avião e tripulação


                                      Esc. MS26
                                      Garros
                                      Guntruck


                                      Guntruck


                                      Guntruck


                                      Guntruck]


                                      Guntruck

                                      Links de cartão
                                      • Esc 49 - Gilbert
                                      • Esc 23 - Garros (corrigido)
                                      • 3 Sqn RFC - Lewis

                                      Assista o vídeo: